Dicas de San Martin de Los Andes – Argentina

San Martin de Los Andes é uma pequena cidade aconchegante na Patagônia Argentina, típico vilarejo de montanha com apenas 20 mil habitantes e está no Parque Nacional Lanín, aos pés da Cordilheira dos Andes e a 191 km de San Carlos de Bariloche.

Famosa por um dos passeios mais realizados por viajantes que vão a Patagônia Argentina, San Martin de Los Andes não é apenas a “Ruta de Los Siete Lagos”! É uma terra linda que no verão ou no inverno encantam de formas diferentes. A 184 km de Pucon e a 107 km da fronteira com o Chile, é ponto de parada para quem quer fazer a travessia.

_GLAE9024

Há conheci há oito anos e fiquei encantada com tamanha beleza e não pude deixar de visita-la agora. A cidade é menos turística que Bariloche, mas possui boas opções de acomodações e restaurantes com bons preços e ótima comida.

Como chegar a San Martin de los Andes?

DCIM100MEDIADJI_0036.JPG

De Carro: Para chegar de carro não tem erro! Saindo de Bariloche ou do Aeroporto de Bariloche você pega a estrada 231 e logo em seguida a Ruta 40 que é a famosa Rota de Los Siete Lagos. O caminho é todo asfaltado e não possui pedágio.  Eu aluguei carro e me senti muito bem podendo parar em todos os locais que desejava, a viagem foi tranquila e não apresentou riscos. Percebi que os argentinos que a transitavam respeitavam não só os limites de velocidade como também os limites que a pista oferecia.Achei a estrada bem sinalizada, porém não vi posto de gasolina a não ser em Villa Angostura que fica no meio do caminho e na cidade de San Martin de Los Andes.

De ônibus: De ônibus saindo de Bariloche a empresa Via Bariloche  leva uma média de 3 horas e 30 minutos e geralmente só faz parada em Villa Angostura. Site: www.viabariloche.com.ar

Passeio com agência: Com agências de viagens é possível  ir a San Martin de Los Andes porém é para uma visita rápida. Geralmente o passeio da Ruta de Los Siete Lagos inicia em Bariloche passa por Villa Angostura e faz uma parada para almoço e início de tarde em San Martin de Los Andes.  Já fiz o passeio é bom! Mas é um pouco cansativo para quem quer ir direto a cidade e não quer ficar parando a todo o tempo. Mais informações sobre a Rota de Los Siete Lagos aqui: viagensdamarcelapena.com/rota-dos-7-lagos

FXQXE6119

Onde se hospedar em San Martin de Los Andes?

A hospedagem que mais gostei em toda a viagem foi à pousada (Hosteria em Espanhol) Hosteria Casona del Alto, que fica há 7 km de distância do centro da cidade. No alto possui uma vista incrível! Os quartos são grandes, bem decorados e limpos. O café da manhã é ótimo, muito bem servido e tudo muito novo e gostoso. A estrutura não deixa a desejar, com uma piscina utilizável apenas no verão e uma jacuzzi para o ano todo.  A pousada é administrada por um casal de argentinos muito amigáveis e educados que falam português fluente!

DCIM100MEDIADJI_0089.JPG

DCIM100MEDIADJI_0088.JPG

IMG_3706.jpg

Onde comer em San Martin de Los Andes?

– Empanadas Nonino: Esse lugar tem a cara da Argentina e a melhor empanada que já comi na vida! E olha que já fui muitas e muitas vezes na Argentina! Eles possuem duas unidades na cidade, uma que você pede, paga e leva pra comer em outro lugar e a outra que funciona como restaurante! O preço é muito bom e elas vêm quentes e saborosas!

IMG_3651

Endereço: Villegas 745 –  todos os dias de 12 as 15 e 19:30 as 23:00

Endereço: El Molino (Ruta 40) – 12:00 as 14:30  e 19:30 as 22:30

Site: noninoempanadas.com

– Chocolateria & Heladeria Mamusia: Não confunda a Mamusia com a Chocolateria Mamuscka que é vermelhinha ok? Mamusia não tem unidade em Bariloche apenas em San Martin de Los Andes, ela possui loja de chocolate e de sorvetes e que a propósito são os melhores sorvetes que já tomei!O sorvete equivale a um sorvete top que já tomei na Itália! O preço é excelente e você percebe que muitos moradores da cidade frequentam o lugar é que nunca fica vazio!

Horário de funcionamento: Segunda  09:00 as 22:30 e as terças a domingo de 09:00 as 00:30

Endereço: San Martín 601, San Martín de los Andes

Site: www.mamusia.com.ar

– Casa de Té Arrayán: Eu queria muito ir nesse local! É histórico e tombado pelo patrimônio nacional! Imagina? O forno está ali desde 1939! Isso mesmo! É o mesmo que faz tudo. O preço não é baixo, porém achei que valeu porque a vista é linda, o lugar é lindo e gostei do que comi! Eu indico!

Horário de funcionamento: De segunda a domingo de 14:00 as 20:00

Endereço: Circuito Arrayan KM 4.5, San Martin de los Andes, Neuquén, Argentina

IMG_3637

ODTTE2093

_GLA9106

O que é o cubierto?

Cubierto é o serviço de mesa oferecido nos restaurantes da Argentina. O valor já é pré-definido e já vem especificado no cardápio ele cobre os custos  copos, talheres, guardanapos e toalha de mesa. Na maioria das vezes em troca é oferecido o serviço de cestinhas de pães, queijos e alguma pastinha ou molho chimichurri. O cubierto não é o mesmo que o couvert aqui no Brasil e na Argentina o pagamento é obrigatório.

Como funciona a “Propina”?

A Propina nada mais é que uma taxa correspondente à gorjeta. Os 10% não é obrigatório, mas se quiser deixar algum valor pelo serviço é de bom tom que pague os 10%.

Qual moeda levar para San Martin de Los Andes ?

Como já fui algumas vezes posso afirmar que dependerá do quanto nossa moeda estiver valendo. Verifico sempre no site do Banco de La Nacion (www.bna.com.ar) que a propósito é um ótimo local para fazer o câmbio e possui guichê no Aeroporto Aeroparque e Ezeiza. Uma boa conta para fazer se tiver alguma duvida em qual moeda levar é: Dividir o valor da cotação do Dólar pelo valor do Real na Argentina. Exemplo: 43.60/11.0: R$ 3,96 . Caso vá trocar Real por Dólar lembre se de acrescentar a taxa da casa de câmbio no Brasil e o IOF.  Em 2019 a cotação em Buenos Aires está melhor do que em San Martin de Los Andes, prefira trocar a moeda nos aeroportos. Caso não consiga devido as horários evite troca no “cambio negro” e dê preferencia para casas de cambio que estão no centro da cidade.

O que fazer em San Martin de Los Andes?

A cidade é geralmente visitada apenas durante o dia, porém existem tão boas opções de  hospedagens e restaurantes que podem tornar a permanecia na cidade mais confortável! Fui três vezes a Bariloche e nessa última vez preferi passar alguns dias em San Martin de Los Andes.

– Andar na cidade e admirar o lago: A cidade possui um pequeno centro cívico, algumas pracinhas e o Lago Lácar que banha a cidade. O Centro Cívico da cidade é menor do que o de Bariloche possui o Prédio da Prefeitura, Centro de informações turísticas e a Igreja São José que ambos ficam numa praça chamada Plaza San Martín. Caminhar pela Avenida San Martin que é a principal da cidade é inevitável. Ela possui restaurantes, cafeterias, casas de cambio e lojinhas.

_GLAE9255

01 (406)

– Mirador Arrayanes: O Mirante fica 4,5 km de distancia do Centro Cívico e possui umas das melhores vistas da cidade e do Lago Lácar, bem próximo a ele está o Casa de Té Arrayan que é possível tomar um chocolate quente enquanto aprecia a vista.

_GLA9176

– Praticar ski no Cerro Chapelco:  O Cerro Chapelco está a 12 km de distancia do centro de San Martin de Los Andes. Ótima para prática de esporte é muito bem cuidada, sinalizada e com preço mais acessível que o famoso Cerro Catedral, inclusive é uma boa para quem não quer o agito do Cerro Catedral em Bariloche!

IMG_3327

O cerro possui 12 meios de elevação, mas deste apenas um é utilizado por quem não vai esquiar. Achei boas as opções e estrutura de alimentação na base, os restaurantes na montanha são de exclusividade para quem está fazendo esporte, exceto o Autumalen que infelizmente pegou fogo em julho de 2019.

01 (205)

O ticket para pedestres ou peatones como eles dizem são mais baratos que os de praticantes de esportes e só poderão ser usados 2 vezes para subir ou descer nas cabines exclusivamente fechada. Cercada por árvores as pistas são de excelente qualidade e o preço do aluguel do equipamento do ski é acessível. Na base é possível alugar os equipamentos.

IMG_3277

Além do Ski e do Snowboard a montanha oferece Trekking com raquetes de neve e Snowmobile. Para chegar de carro saindo do centro da cidade são 16 km, mais ou menos 35 minutos, o estacionamento é gratuito. Mais informações no site: www.chapelco.com

01 (502).jpg

Como é o padrão de tomadas e voltagem em San Martin de Los Andes?

As tomadas na Argentina são diferentes do Brasil! Elas possuem três furos, porém são retangulares, sendo que dois são enviesados. Esse padrão é chamado de australiano e também é usado na China e Nova Zelândia. Você vai precisar levar um adaptador universal porque nenhum dos modelos brasileiros, novo ou antigo, se encaixa nesse padrão. A resistência é de 220 volts.

 

MAIS DICAS A RESPEITO DA PATAGÔNIA ARGENTINA: 

Rota 7 lagos: viagensdamarcelapena.com/rota-dos-7-lagos

Onde comer em Bariloche: viagensdamarcelapena.com/onde-comer-em-bariloche-argentin

Dicas de Bariloche: viagensdamarcelapena.com/bariloche

Dicas de Vila Angostura: viagensdamarcelapena.com/dicas-de-villa-angostura-argentina/

Neve no Valle Nevado – Chile

A primeira vez que estive no Chile fui  ao Valle Nevado e fiquei com muita vontade de voltar porque foi no inicio de Junho e não peguei neve suficiente para praticar Ski.

03 (32)

Pra chegar a estações de ski recomenda-se contratar agências de turismo ou um Transfer simples para montanha. Na viagem estava eu, meu marido  mais alguns amigos, o que nos deu a flexibilidade pra pensarmos no plano B.

Quando digo que contratar agência de viagem ou Transfer é o recomendado, digo pelo fato de muitos não terem experiência em dirigir estradas com neve ou estradas com muitas curvas.  Sou de Minas Gerais e estamos acostumados com curvas, curvas e mais curvas e mesmo assim falávamos muito que motorista inconsequente ou “roda dura” ou inseguro, não conseguiria subir ou poderia causar algum acidente!

09 (1)

Como já sabíamos que não iríamos pegar neve na estrada (seguimos pesquisando fielmente vários blogs de viagens, moradores do Chile e a previsão do tempo) decidimos alugar uma Van.O valor ficou muito melhor que os das agências! Muito mais confortável porque o dia era nosso e nós estipulávamos o que iríamos fazer! Inclusive alugar carro menor vale a pena também. Eu  não utilizei Transfer para a montanha, mas fiz orçamentos com a 321 CHILE e Sousas tour. Mais uma vez eu não utilizei o serviço delas! Mas achei incrível o tratamento que tive por e-mail nos orçamentos que recebi!

07 (43)

O vale Nevado é a estação de ski mais visitada por nós brasileiros! Conhecemos mais pelo fato dela ser a maior e a mais completa. O Valle Nevado possui 3 hotéis  Hotel Valle Nevado – 5 estrelas, Hotel Puerta del Sol 4 estrelas, Hotel Tres Puntas – 3 estrelas e os vários restaurantes que são excelentes!

07 (18)07 (7)-00107 (22)

No ano de 2018 o Valle Nevado mudou a política de acesso a turistas não hospedados nos hotéis que estão ali! Para agências e para quem está de carro é obrigatório deixar o carro no estacionamento da curva 17, que é o estacionamento que fica bem em frente à bilheteria, banheiros e subida da gôndola.

07 (26)

Para você ter acesso aos hotéis você precisa adquirir algum produto do Valle Nevado (Gôndola, Passes de Ski ou de alimentação). Ou se tiver disposição poderá subir a pé! Eu fiz a caminhada tranquilha e demorei 30 minutos. Mas se preferir existe uma espécie de jardineira que faz o transporte de ida e volta pra os hotéis. Fiquei sabendo depois que voltei da viagem que o Valle Nevado estava impedindo esse acesso, o que eu julgo apenas ocasional! Porque os melhores restaurantes estão junto aos hotéis!

07 (12)07 (21)

Para a prática de ski ou snowboarding tem uma pequena área que você pode ficar sem pagar nada, mas não se empolgue! Porque o pedaço é curto e demanda muito esforço! Nesse espaço você não terá acesso às cadeirinhas e muito menos as gôndolas! Se quiser ter uma experiência completa da montanha acredito que vale a pena contratar os passes (que não são baratos)! Meu marido é top no ski e me disse que as pistas são ótimas!  O socorro é muito rápido e muito bom, ele viu pessoas sendo socorridas. Para quem não quer praticar esporte vale a visita para ter a experiência da neve e desfrutar os restaurantes.

07 (24)07 (16)

Se a ideia é ir até à montanha mais dias para prática de esportes, o ideal é ficar hospedado nos hotéis citados acima. Lembre-se, para hospedar em qualquer destes hotéis em época de neve é exigido permanência de três diárias. Para mais informações sobre roupas de neve, espotes e hospedagens no Valle Nevado, acesse o site: www.vallenevado.com