Dicas de Vila la Angostura – Argentina

Villa Angostura é uma vila charmosa que fica 80 km de Bariloche e a 108 km de San Martin de Los Andes. Parada obrigatória para quem faz a rota de Los Siete Lagos.

01 (503)

_GLA9628

Como chegar a Vila Angostura?

De avião:

– Do aeroporto Aviador Carlos Campos em  San Martin de los Andes, será mais e por terra 132 km. de carro alugado, de táxi ou até mesmo de ônibus  pela  Al Bus.

– Do aeroporto Internacional Teniente Luis Candelaria de Bariloche e depois por terra 83 km de carro alugado, de táxi ou até mesmo de ônibus  pela Via Bariloche ou Al Bus

De carro saindo de Bariloche:

São 83 km de distancia, é necessário pegar a Rota RN 237 e depois a Ruta 40.

De ônibus saindo Bariloche:

Via Bariloche: www.viabariloche.com.ar

Al Bus: www.albus.com.ar

Onde se hospedar em Vila Angostura?

Vila Angostura é repleta de bons hotéis e boas pousadas, muitos deles próximo ao lago. Existem duas opções de hospedagem, aquelas pertinho da estrada e centro e outras mais próximas ou na beira do lago. Eu optei por me hospedar em Puerto Manzano, um dos bairros da vila. Contratei a Pousada “Hosteria Huenú”. Dentro de um pequeno condomínio novo, a pousada ficou pronta em janeiro de 2018. Achei a decoração uma graça e os espaços em comuns são bonitos. O Café  da manhã achei excelente, com tudo novinho e gostoso. Além de ter uma piscina e ofurô delicioso. Recomendo! Porem é viável para quem pode ficar longe do centrinho, afinal são quase 7km de distancia, como estava de carro alugado isso não me atrapalhou em nada.

_GLA9640

01 (665)

Onde comer em Vila Angostura?

Um dos meus restaurantes preferidos da viagem foi o Al Alba Parrila & Resto, achei o atendimento ótimo, a carne maravilhosa, o cubierto uma delícia! Um pãozãooooo caseiro bem quentinho e o preço excelente por tudo que nos foi oferecido!

Horário de funcionamento: Segunda feira não funciona, terça feira 12:30 as 15:30 e 20:30 as 23:30. Quarta feira atendimento 24 horas. De quinta a sábado 12:30 as 15:30 e 20:30 as 23:30. E aos domingos 12:30 as 15:30.

Endereço: Av. Arrayanes 256, Villa La Angostura

01 (656)

01 (660)

O que fazer e conhecer em villa Angostura?

Muitas pessoas quando pensam na vila só conseguem associar a uma breve parada para iniciar a Rota dos Siete Lagos que inclusive possuem dicas detalhadas aqui:

Villa Angostura tem muito a oferecer começando pelo seu Centro que é novo e possui todo o tipo de comércio, farmácia, supermercado, padaria, cafeterias, restaurantes, posto de gasolina e outros…

Cercada por belas paisagens naturais como, por exemplo, o Rio Correntoso, Porto de Vila Angostura e Puerto Manzano.

01 (613)
Puerto Manzano

Possui o Cerro Bayo que é uma boa opção para quem quer praticar ski sem o agito da estação de Ski Cerro Catedral em Bariloche. Site com todas as informações: www.cerrobayo.com.ar

Outro lugar ótimo para conhecer é o Parque Nacional los Arrayanes, que muitas vezes só é conhecido por quem faz o passeio de barco saindo do Porto Pañuelo em Bariloche. O Parque Nacional los Arrayanes é lindo e possui opção de conhecê-lo de barco saindo do Porto de Villa Angostura, ou fazendo trilha de bike.  Existem opções de locações de bikes no centro da Vila.

01-96

01-79

Mais informações no site de Vila Angostura: villalaangostura.gov.ar

Rota dos 7 lagos  –  “Ruta de Los Siete Lagos”

Um dos passeios mais famosos  da Patagônia Argentina é o passeio Ruta de Los Siete Lagos que está na Ruta 40. Fiz esse passeio com agência de turismo e o fiz também de carro. As vistas ao longo do trajeto são deslumbrantes, a primeira vez que fui a Bariloche fiz o passeio com agência de turismo, eu gostei porque o lugar é sensacional, mas achei um pouco cansativo, em alguns casos eu não gosto de passeio de agência. Nessa terceira vez  em Bariloche  aluguei um carro e fiz a Rota por conta própria.

A localiza  me pareceu muito segura e o carro era novo e muito bem conservado. Peguei o carro no aeroporto de Bariloche e o devolvi no centro de Bariloche, fica atrás da Catedral nossa Senhora Nahuel Huapi.

A estrada é bem sinalizada e a pista é excelente. Achei os argentinos bem respeitosos em relação à direção e limites de velocidade. Na estrada não existem muitos postos de gasolina, abastecemos em Vila Angostura que fica no meio do caminho e em San Martin de Los Andes.

É possível fazer o passeio Bariloche x San Martin de Los Andes num só dia, mas queria viver algo a mais, queria fazer tudo sem pressa. Por isso decidi pernoitar em San Martin de Los Andes por dois dias, aqui dicas completas de San Martin de Los Andes:

Optei também em ficar por um dia em Vila Angostura  que por sinal é linda e tem dicas boas aqui:

O combustível é mais barato do que no Brasil e o custo das diárias favoreceram no preço final a se comparar ao conforto e comodidade.

Uma pergunta que eu fazia e que me fazem: Não é perigoso dirigir na neve? Minha resposta sempre será que você precisa ser bom motorista em asfalto seco ou molhado. Mas no meu caso só tinha pouquíssima neve derretida na pista, o carro se comportou como na chuva.

Quando alugamos o carro nos orientaram que em caso de neve na pista deveríamos usar as “cadenas automáticas” que geralmente quando se aluga o carro fica no porta-malas, eles nos explicaram como utilizar, geralmente não cobram a não ser que sejam utilizadas, nós não precisamos.

DCIM100MEDIADJI_0036.JPG
RUTA 40

Segue todos os passos para quem quer fazer por conta própria a “Ruta de Los Siete Lagos” Saindo de Bariloche:

1 – Saindo do Centro Cívico de Bariloche até Villa Angostura onde está o Lago Correntoso  são 83 km, mais ou menos 1h30min. Do lago Conrrentoso até San Martin de Los Andes são 2 horas em média.

2 –Lago Correntoso –  Esse Lago é considerado o menor lago do mundo e fica a 4,8 km de distancia do centro de Villa Angostura. Possui a Playa Pública del Correntoso de águas claras e uma ponta lindinha “Puente Peatonal” .  Para chegar até esses lugares é necessário sair da Rota 40 e pegar a estradinha Caminho del Cóndor.  Do lado direito está o Lago Correntoso e ao esquerdo está o Lago Nahuel Huapi. Para não haver erros procure no Google pela Puente Peatonal .

3 –Lago Espejo Grande – Está a 7,9 do Lago Correntoso do lado esquerdo da estrada. Para chegar é necessário sair da estrada e entrar na estrada 231, sentido Mirador Del Lago Espejo. Lá você terá um pequeno restaurante e local para estacionar o carro.

4 – Lago Escondido –  Há 35km do Lago Espejo Grande está do lado esquerdo da estrada, no Google procure pelo Mirador del Lago Escondido.

5 – Lago Villarino – Do Mirador do Lago escondido ao Mirador do Lago Villarino é um 1km e também está do lado esquerdo.  (Está do outro lado do Lago Falkner).

_GLA9628.jpg

6 -Lago Falkner   –  Do mirador do Lado Villarino até o Mirador del lago Falkner são 3,3 km, porém ele está do lado direito da estrada. É possível ver bem de perto a margem do lago.

7 – Mirador del la Cascada Vuliñanco:  O mirante que tem vista da Cachoeira Vuliñanco, que fica a 2,1 km de distancia do Lago Falkner e está a esquerda da estrada.

_GLA9614.jpg

8 – Lago Hermoso – Para mim é um dos locais mais lindos que conheci! Fui a minha Lua de Mel no outono e me encantei pela vegetação colorida. A beleza de ir ao inverno não mudou em nada!  Para chegar ao Lago Hermoso que está a esquerda da estrada  e a 11,9 km de distancia do Mirador del la Cascada Vuliñanco é preciso sair da Rota 40  e pegar uma estradinha que está bem sinalizada e possui bem próximo possui casas rurais e um restaurante.  Para chegar no ponto certo coloque no Google maps  – “Playa Rio Hermoso”.

01 (524)-2

01 (530)-2

01 (536)-2

Caminho pertinho do Lago Hermoso:

01 (503)

01 (543)

9  – Lago Machonico: Há 8,6 Km de distancia da Playa do lago Hermoso também está ao lado esquerdo da estrada.

 

10 – Mirador Arrayanes: Melhor Vista da cidade de Sana Martin de Los Andes está a 33,1 km de distancia do Lago Machonico.

_GLA9176

11- Lago Lacar: Lago que está em San Martin de Los Andes.

_GLAE9024

Onde comer em Bariloche – Argentina

– Alto El Fuego

Definitivamente o melhor de Bariloche! O atendimento é ótimo e muito rápido. A carne é a melhor que já comi na vida, o sabor, textura e o ponto nos fizeram querer voltar. O cubierto, torradinhas de pão de sal e pastinha que considero simples porem saboroso.  O local é muito aconchegante apesar de não ser muito grande.  Achei o melhor custo beneficio da cidade, o preço é excelente e voltaria outra vez!

Horário de Funcionamento:  Segunda feira de 20:00 à 00:00 & de Terça feira a Sábado das 12:00 às 15:00 e das 20:00 à 00:00.

Endereço: 20 de Febrero, 451

Site:  www.altoelfuego.com.ar

01 (1044)

– Chimi Bar de Choris

Boa opção para lanches rápidos e saborosos. Sanduíches grandes, muito bem preparados e a linguiça no ponto correto.  O local é lindo, bom para saborear com calma a comida. O preço é ótimo.

Horário de Funcionamento: Domingo de 18:30 as 00:30 e de segunda a Sábado de 12:30 as 00:30.

Endereço: Ada María Elflein, 73, San Carlos de Bariloche

Site:  www.instagram.com/chimibar

01 (790)

– Delirante Tostadores de Café

Café espaçoso com muitas tomadas e Wi-Fi liberado. Uma delícia de café da manhã, o local muito bonito e muito bem decorado! Achei o preço bom a se tratar de um local tão completo.

Horário de Funcionamento:  Segunda feira as sextas feiras de 08:00 as 20:30, sábado 09:00 as 20:30 e aos domingos de 10:00 as 20:30

Endereço: Mitre 585, Centro de Bariloche
Site: https://www.cafedelirante.com.ar/

01 (978).jpg

– El Nacional Restaurante de Fuegos

Já tinha lido algumas vezes a respeito do El Nacional, mas não tinha o colocado na minha lista da viagem e foi uma grata surpresa. As carnes são saborosas e possuem boas combinações.  Foi  nos servido cubierto, pão caseiro quentinho com uma pastinha deliciosa. O local é grande e muito bem decorado e confortável, além do preço ser justo.

Horário de Funcionamento: De segunda feira a domingo das 20:00 as 00:00

Endereço: San Martín 490, Centro

Site:  www.facebook.com/elnacionalrestaurantedefuegos

01 (757)

01 (764)

– Chocolates Rapanui

Para mim um dos melhores locais para tomar um chocolate quente e comer um fondue de frutas e chocolate na cidade. Além da loja de chocolate ao lado da cafeteria eles também possuem pista de patinação no gelo.  O atendimento é rápido apesar do número de pessoas que frequentam o local. O preço de maneira geral para lojas de chocolates são mais altos, mas aqui valeu cada centavo. Indico comer o Franui que nada mais é que framboesas coberta de chocolate branco e preto  congelados e o melhor fondue de chocolate da vida!

Horário de Funcionamento: De segunda a Sábado de 08:30 a 00:00

Endereço: Mitre, 8400

Site:  http://chocolatesrapanui.com.ar/

01 (928)

01 (984)

01 (993)

 

– Chocolateria Mamuschka

Ela é a loja mais linda da cidade, vermelhinha logo na esquina da Mitre, tem bons chocolates,  cafeteria muito boa e ótimo sorvetes. Tomei um cafezinho e adorei ficar observando o movimento da loja.

Horário de Funcionamento: De segunda a domingo de 8:30 as 23:00

Endereço: Mitre 298

Site: http://www.mamuschka.com/

01 (1017)

– El Boliche de Alberto

Um dos restaurantes mais falados e mais tradicionais de Bariloche fica sempre lotado e com filas de espera.  Possui boa opção de carne e a tradicional “montanha”! De batata frita. O atendimento é bom. Foi oferecido uma cestinha de pães e molhinho chimichurri para acompanhar. O local e o preço são bons.

Endereço: Calle Ada Maria Elflein, 158

Site: https://www.elbolichedealberto.com.ar/

– Jauja Restaurante e Parrila

Achei bem tradicional o estilo do restaurante, mas servem ótimas carnes. No dia que fui estava cheio e o atendimento no inicio foi um pouco demorado depois ficou ótimo. Serviram-nos cubierto, pãezinhos caseiros bem gostosos e uma pastinha. O local e os preços são bons. Horário de Funcionamento: De segunda a domingo de 11:00 as 15:00 e de 19:00 as 00:00

Endereço: Elflein 148, San Carlos de Bariloche.

Site: https://www.restaurantejauja.com.ar/

01 (975)

Dicas úteis: 

O que é o cubierto?

Cubierto é o serviço de mesa oferecido nos restaurantes da Argentina. O valor já é pré-definido e já vem especificado no cardápio ele cobre os custos  copos, talheres, guardanapos e toalha de mesa. Na maioria das vezes em troca é oferecido o serviço de cestinhas de pães, queijos e alguma pastinha ou molho chimichurri. O cubierto não é o mesmo que o couvert aqui no Brasil e na Argentina o pagamento é obrigatório.

Como funciona a “Propina”?

A Propina nada mais é que uma taxa correspondente à gorjeta. Os 10% não é obrigatório, mas se quiser deixar algum valor pelo serviço é de bom tom que pague os 10%.

Dicas de San Martin de Los Andes – Argentina

San Martin de Los Andes é uma pequena cidade aconchegante na Patagônia Argentina, típico vilarejo de montanha com apenas 20 mil habitantes e está no Parque Nacional Lanín, aos pés da Cordilheira dos Andes e a 191 km de San Carlos de Bariloche.

Famosa por um dos passeios mais realizados por viajantes que vão a Patagônia Argentina, San Martin de Los Andes não é apenas a “Ruta de Los Siete Lagos”! É uma terra linda que no verão ou no inverno encantam de formas diferentes. A 184 km de Pucon e a 107 km da fronteira com o Chile, é ponto de parada para quem quer fazer a travessia.

_GLAE9024

Há conheci há oito anos e fiquei encantada com tamanha beleza e não pude deixar de visita-la agora. A cidade é menos turística que Bariloche, mas possui boas opções de acomodações e restaurantes com bons preços e ótima comida.

Como chegar a San Martin de los Andes?

DCIM100MEDIADJI_0036.JPG

De Carro: Para chegar de carro não tem erro! Saindo de Bariloche ou do Aeroporto de Bariloche você pega a estrada 231 e logo em seguida a Ruta 40 que é a famosa Rota de Los Siete Lagos. O caminho é todo asfaltado e não possui pedágio.  Eu aluguei carro e me senti muito bem podendo parar em todos os locais que desejava, a viagem foi tranquila e não apresentou riscos. Percebi que os argentinos que a transitavam respeitavam não só os limites de velocidade como também os limites que a pista oferecia.Achei a estrada bem sinalizada, porém não vi posto de gasolina a não ser em Villa Angostura que fica no meio do caminho e na cidade de San Martin de Los Andes.

De ônibus: De ônibus saindo de Bariloche a empresa Via Bariloche  leva uma média de 3 horas e 30 minutos e geralmente só faz parada em Villa Angostura. Site: www.viabariloche.com.ar

Passeio com agência: Com agências de viagens é possível  ir a San Martin de Los Andes porém é para uma visita rápida. Geralmente o passeio da Ruta de Los Siete Lagos inicia em Bariloche passa por Villa Angostura e faz uma parada para almoço e início de tarde em San Martin de Los Andes.  Já fiz o passeio é bom! Mas é um pouco cansativo para quem quer ir direto a cidade e não quer ficar parando a todo o tempo. Mais informações sobre a Rota de Los Siete Lagos aqui: viagensdamarcelapena.com/rota-dos-7-lagos

FXQXE6119

Onde se hospedar em San Martin de Los Andes?

A hospedagem que mais gostei em toda a viagem foi à pousada (Hosteria em Espanhol) Hosteria Casona del Alto, que fica há 7 km de distância do centro da cidade. No alto possui uma vista incrível! Os quartos são grandes, bem decorados e limpos. O café da manhã é ótimo, muito bem servido e tudo muito novo e gostoso. A estrutura não deixa a desejar, com uma piscina utilizável apenas no verão e uma jacuzzi para o ano todo.  A pousada é administrada por um casal de argentinos muito amigáveis e educados que falam português fluente!

DCIM100MEDIADJI_0089.JPG

DCIM100MEDIADJI_0088.JPG

IMG_3706.jpg

Onde comer em San Martin de Los Andes?

– Empanadas Nonino: Esse lugar tem a cara da Argentina e a melhor empanada que já comi na vida! E olha que já fui muitas e muitas vezes na Argentina! Eles possuem duas unidades na cidade, uma que você pede, paga e leva pra comer em outro lugar e a outra que funciona como restaurante! O preço é muito bom e elas vêm quentes e saborosas!

IMG_3651

Endereço: Villegas 745 –  todos os dias de 12 as 15 e 19:30 as 23:00

Endereço: El Molino (Ruta 40) – 12:00 as 14:30  e 19:30 as 22:30

Site: noninoempanadas.com

– Chocolateria & Heladeria Mamusia: Não confunda a Mamusia com a Chocolateria Mamuscka que é vermelhinha ok? Mamusia não tem unidade em Bariloche apenas em San Martin de Los Andes, ela possui loja de chocolate e de sorvetes e que a propósito são os melhores sorvetes que já tomei!O sorvete equivale a um sorvete top que já tomei na Itália! O preço é excelente e você percebe que muitos moradores da cidade frequentam o lugar é que nunca fica vazio!

Horário de funcionamento: Segunda  09:00 as 22:30 e as terças a domingo de 09:00 as 00:30

Endereço: San Martín 601, San Martín de los Andes

Site: www.mamusia.com.ar

– Casa de Té Arrayán: Eu queria muito ir nesse local! É histórico e tombado pelo patrimônio nacional! Imagina? O forno está ali desde 1939! Isso mesmo! É o mesmo que faz tudo. O preço não é baixo, porém achei que valeu porque a vista é linda, o lugar é lindo e gostei do que comi! Eu indico!

Horário de funcionamento: De segunda a domingo de 14:00 as 20:00

Endereço: Circuito Arrayan KM 4.5, San Martin de los Andes, Neuquén, Argentina

IMG_3637

ODTTE2093

_GLA9106

O que é o cubierto?

Cubierto é o serviço de mesa oferecido nos restaurantes da Argentina. O valor já é pré-definido e já vem especificado no cardápio ele cobre os custos  copos, talheres, guardanapos e toalha de mesa. Na maioria das vezes em troca é oferecido o serviço de cestinhas de pães, queijos e alguma pastinha ou molho chimichurri. O cubierto não é o mesmo que o couvert aqui no Brasil e na Argentina o pagamento é obrigatório.

Como funciona a “Propina”?

A Propina nada mais é que uma taxa correspondente à gorjeta. Os 10% não é obrigatório, mas se quiser deixar algum valor pelo serviço é de bom tom que pague os 10%.

Qual moeda levar para San Martin de Los Andes ?

Como já fui algumas vezes posso afirmar que dependerá do quanto nossa moeda estiver valendo. Verifico sempre no site do Banco de La Nacion (www.bna.com.ar) que a propósito é um ótimo local para fazer o câmbio e possui guichê no Aeroporto Aeroparque e Ezeiza. Uma boa conta para fazer se tiver alguma duvida em qual moeda levar é: Dividir o valor da cotação do Dólar pelo valor do Real na Argentina. Exemplo: 43.60/11.0: R$ 3,96 . Caso vá trocar Real por Dólar lembre se de acrescentar a taxa da casa de câmbio no Brasil e o IOF.  Em 2019 a cotação em Buenos Aires está melhor do que em San Martin de Los Andes, prefira trocar a moeda nos aeroportos. Caso não consiga devido as horários evite troca no “cambio negro” e dê preferencia para casas de cambio que estão no centro da cidade.

O que fazer em San Martin de Los Andes?

A cidade é geralmente visitada apenas durante o dia, porém existem tão boas opções de  hospedagens e restaurantes que podem tornar a permanecia na cidade mais confortável! Fui três vezes a Bariloche e nessa última vez preferi passar alguns dias em San Martin de Los Andes.

– Andar na cidade e admirar o lago: A cidade possui um pequeno centro cívico, algumas pracinhas e o Lago Lácar que banha a cidade. O Centro Cívico da cidade é menor do que o de Bariloche possui o Prédio da Prefeitura, Centro de informações turísticas e a Igreja São José que ambos ficam numa praça chamada Plaza San Martín. Caminhar pela Avenida San Martin que é a principal da cidade é inevitável. Ela possui restaurantes, cafeterias, casas de cambio e lojinhas.

_GLAE9255

01 (406)

– Mirador Arrayanes: O Mirante fica 4,5 km de distancia do Centro Cívico e possui umas das melhores vistas da cidade e do Lago Lácar, bem próximo a ele está o Casa de Té Arrayan que é possível tomar um chocolate quente enquanto aprecia a vista.

_GLA9176

– Praticar ski no Cerro Chapelco:  O Cerro Chapelco está a 12 km de distancia do centro de San Martin de Los Andes. Ótima para prática de esporte é muito bem cuidada, sinalizada e com preço mais acessível que o famoso Cerro Catedral, inclusive é uma boa para quem não quer o agito do Cerro Catedral em Bariloche!

IMG_3327

O cerro possui 12 meios de elevação, mas deste apenas um é utilizado por quem não vai esquiar. Achei boas as opções e estrutura de alimentação na base, os restaurantes na montanha são de exclusividade para quem está fazendo esporte, exceto o Autumalen que infelizmente pegou fogo em julho de 2019.

01 (205)

O ticket para pedestres ou peatones como eles dizem são mais baratos que os de praticantes de esportes e só poderão ser usados 2 vezes para subir ou descer nas cabines exclusivamente fechada. Cercada por árvores as pistas são de excelente qualidade e o preço do aluguel do equipamento do ski é acessível. Na base é possível alugar os equipamentos.

IMG_3277

Além do Ski e do Snowboard a montanha oferece Trekking com raquetes de neve e Snowmobile. Para chegar de carro saindo do centro da cidade são 16 km, mais ou menos 35 minutos, o estacionamento é gratuito. Mais informações no site: www.chapelco.com

01 (502).jpg

Como é o padrão de tomadas e voltagem em San Martin de Los Andes?

As tomadas na Argentina são diferentes do Brasil! Elas possuem três furos, porém são retangulares, sendo que dois são enviesados. Esse padrão é chamado de australiano e também é usado na China e Nova Zelândia. Você vai precisar levar um adaptador universal porque nenhum dos modelos brasileiros, novo ou antigo, se encaixa nesse padrão. A resistência é de 220 volts.

 

MAIS DICAS A RESPEITO DA PATAGÔNIA ARGENTINA: 

Rota 7 lagos: viagensdamarcelapena.com/rota-dos-7-lagos

Onde comer em Bariloche: viagensdamarcelapena.com/onde-comer-em-bariloche-argentin

Dicas de Bariloche: viagensdamarcelapena.com/bariloche

Dicas de Vila Angostura: viagensdamarcelapena.com/dicas-de-villa-angostura-argentina/

O que fazer em Buenos Aires – Principais pontos turísticos de Buenos Aires

Buenos Aires é um dos destinos internacionais mais visitados por nós brasileiros, encanta  pela arquitetura e clima. Uma cidade que oferece infinitas possibilidades de passeios. Repleta de museus, parques e monumentos históricos agrada de forma significativa.

Buenos Aires oferece shows de tango esplendorosos e muitos espetáculos de variados estilos no Teatro colón, ambos podem ser comprados via Internet! Certamente haverá uma economia porque as agências turísticas também ganham.  O Teatro Colón disponibiliza sua agenda e lá mesmo você pode adquirir seu ingresso. Já os shows de tango oferecem todo o trabalho detalhado no site. O bom é que todos eles possuem versão em Português.

Qual show de tango devo conhecer?

Na cidade existem muitas opções de shows de tango com variados preços. Na maioria você pode optar por apenas assistir o Show ou fazer um combo Jantar + show. Dentre tantos os que mais se destacam são: Tango Porteño & Esquina Carlos Gardel (Fechado). Para aqueles que querem economizar ou possuem pouco tempo e querem ir a um bom restaurante argentino. Vale a pena assistir o show e depois jantar num dos restaurantes da cidade.

001-99

O melhor da cidade é conhecê-la a sua maneira, com calma. Aproveitando o que oferece! Se eu posso te indicar algo é fazer tudo que puderes por conta própria! Não é difícil conhecer os principais pontos, muitos podem ser feitos a pé ou de metrô, eles ligam vários pontos na cidade, além dos táxis e Uber que  funcionam muito bem.

Dicas de pontos Turísticos em Buenos Aires separados por Bairros:

– Bairro La Boca : O La boca é um dos bairros mais antigos de Buenos Aires, foi moradia de pessoas que trabalhavam no porto e que em sua maioria eram Italianos. Quintela Martin transformou algumas ruas do bairro em expressões de arte, hoje chamado de Caminito é um museu a céu aberto. Outro ponto de interesse em La Boca é o estádio de Futebol La Bombonera que é o estádio oficial da Boca Juniors.  O bairro possui atrações fantásticas porem não é muito seguro, por isso fique esperto com abordagens de estranhos.

0 (17)

0 (21)

– Bairro San Telmo:  O Mercado de San Telmo por muito tempo foi associado a um local de antiguidades e vendas de carnes, frutas e legumes. Após passar por uma reformulação o mesmo começou a oferecer muito mais. Hoje com muitas opções de alimentação oferecem em seu interior cafeterias, doceiras, creperias, hamburguerias e restaurantes variados para todo tipo de pessoas e bolsos. Site: mercadosantelmo.com.ar   

 Feira de San Telmo : A feira de San Telmo é a feira mais famosa de Buenos Aires, existe desde 1970 e recebe muitas pessoas. Famosa pela venda de antiguidades possui bem próximos antiquários e brechós. Funciona durante o domingo de 10 as 17 horas.

– Bairro Puerto Madero :Após funcionar como porto foi abandonado no século 20. Na década de 90 foi completamente revitalizado e transformou-se em local de luxo e um dos metros quadrados mais caros da cidade. Ele possui muitos restaurantes, hotéis de luxo e um dos principais cartões postais da cidade, a Puente de La Mujer. Para mim é dos locais mais lindos ver o por do sol na cidade!

0-47
01 (1251)

– Centro: Plaza de Maio: A praça mais antiga da cidade. Já presenciou várias manifestações do povo argentino. Compõe  um complexo cheio de locais interessantes! Como por exemplo, a Casa Rosada que é a sede do Governo, possui nome esse nome devido a sua “pintura” que era feita na época da construção de Cal e sangue de boi que dava o tom rosado. A Igreja Catedral Metropolitana que se chama “Igreja da Santíssima Trindade” é o primeiro templo construído na época da fundação da cidade em 1622. O edifício atual, depois de um século e meio de obras, foi terminado em 1822. Pertinho dali está o Café Tortoni que é um dos cafés mais antigos das Américas, data de 1858.

01 (1187).jpg

– Avenida 9 de julho: Essa extensa, arborizada e movimentada avenida  possui dois pontos turísticos. O Obelisco que foi inaugurado em 1936 e possui 57 metros. E o Teatro Colón que é considerado um dos cinco melhores teatros de ópera do mundo.

0-29
Avenida 9 de Julho

– Livraria El Ateneo: Uma das livrarias mais bonitas do mundo está no edifício que foi um teatro chamado Gran Splendid, em maio de 1919.   O jornal britânico The Guardian, classificou a El Ateneo Gran Splendid como a segunda melhor livraria do mundo no ano de 2008.

Calle Florida: Uma das principais e mais famosas ruas de Buenos Aires. A rua é cheia de lojinhas e locais para compras lembrancinhas, além de possuir várias casas de câmbio. Nela está o Shopping Galerias Pacifico lindo e repleto de lojas bacanas.

001-71
Shopping Galerias Pacifico

– Bairro Recoleta: O Cemitério da Recoleta Surgiu no início do século 18, os frades da ordem dos Recoletos Descalços se instalaram na região, onde construíram uma igreja e um monastério. Em 1822, a ordem foi dissolvida e, no local, foi criado o primeiro cemitério público da cidade. O escritório de turismo de Buenos Aires oferece visitas guiadas gratuitas pelo cemitério. O bairro Recoleta é um bairro lindo ótimo para observação.

– Floralis Genérica: Também no bairro da Recoleta a Floralis Genérica possui 20 metros de altura e 18 toneladas essa escultura metálica pode ficar aberta ou fechada, projetada por Eduardo Catalano e inaugurada em 2002 na Plaza de Las Naciones Unidas se transformou em um dos símbolos da cidade.

– Bairro Palermo: O Parque Tres de Febrero ao norte da cidade de Buenos Aires é o melhor parque da cidade!  O Rosedal fica dentro Parque Tres de Febrero que é considerado o pulmão da cidade. Ele equivale a dois parques do Ibirapuera em São Paulo. Também no parque está o  Jardim Japonês.  Muito bem cuidado e harmônico foi criado por imigrantes japoneses.Site: jardinjapones.org.ar. Este fica no Bairro Palermo que é ótimo em estrutura e possui ótimos restaurantes e o Shopping Alto Palermo Shopping.

Como funciona ônibus Turístico/ Hop On Hop Off:

Uma experiência para conhecer a cidade de Buenos Aires de uma perspectiva diferente, passando pelos principais pontos turísticos; Palácio do Governo, Praça de Maio, El Cabildo, Catedral, Obelisco, Congresso Nacional, Teatro Colón, La Boca, Puerto Madero, Recoleta, Praça San Martín, Palermo e Chinatown, entre outros. O serviço Hop On Hop Off permite que o passageiro entre e saia nas paradas quantas vezes quiser durante a validade do bilhete. O bilhete pode ser comprado pelo Site www.buenosairesbus.com

Azul-vermelho: Das 9h às 17h40, com uma frequência de 20 minutos.

Green: Das 10h às 17h, com uma frequência de 30 minutos.

Todos os dias.

MODALIDADE DO TOUR:

Tour Azul-Vermelho: Inclui 25 paradas.Duração: 03:20 hs.

Rota Verde: Inclui 11 paradas. Duração: 01:20 hs.

Você pode combinar as duas rotas

O valor do ticket inclui as duas rotas

BILHETES: Eles têm uma validade de 24 ou 48 horas.

Uma dica legal é o site: BA como llego que mostra qual o melhor meio de transporte utilizar. Acesse: comollego.ba.gob.ar

O que Buenos Aires oferece fora da cidade?

Se você quer uma viagem mais completa vale a pena conhecer Colonia del Sacramento, uma cidade Uruguaia que fica próxima a Buenos Aires e tem acesso através do Mar de La Plata, neste link (viagensdamarcelapena.com/buenos-aires-de-barco) tem todas as informações necessárias. Outro passeio para um dia extra é o passeio Tigre e Delta, feito de barco onde é possível ver o  encontro de três rios: o Tigre, o Sarmiento e o Luján, região onde estão casas de veraneio dos argentinos.

DICAS E INFORMAÇÕES DE COMO FAZER UMA BOA VIAGEM A BUENOS AIRES: viagensdamarcelapena.com/buenos-aires/

DICAS DE ONDE COMER EM BUENOS AIRES: viagensdamarcelapena.com/onde-comer-em-buenos-aires/

 

 

Onde comer em Buenos Aires – Argentina

Buenos Aires é um dos bons destinos para aproveitar a gastronomia. Com restaurantes para todos os gostos e bolsos possui boas opções em todos os bairros. Alguns restaurantes e cafés possuem mais de uma unidade em bairros diferentes. Evite comer em fast Food e aproveite a culinária dos Hermanos.

 Onde comer carne em Buenos Aires:

– Don Julio Parrilla: Essa Parrilla é um dos melhores restaurantes em Buenos Aires para poder saborear a carne Argentina. A comida é boa e o valor pago é justo pelo que é servido.

Endereço: Rua Guatemala 4699, Bairro Palermo.

Horário de Funcionamento: De Segunda a Domingo de 12h00min as 16h00min e de 19h00min as 01:00.

Site:  www.parrilladonjulio.com

Cafeterias e Doceiras em Buenos Aires:

– Gran Café Tortoni: Inaugurado em 1858 é um dos cafés mais antigos da América Latina, no Centro da cidade e pertinho da Plaza de Mayo, é um local tradicional cheio de delicias em seu cardápio. O preço não é baixo, mas vale a visita nem que seja para tomar um “chocolate caliente”.

nome (370)

Endereço: Avenida de Mayo, 8259 – Centro.

Horário de Funcionamento: Domingo de 09h00min a 01h00min, Segunda a Sexta de 08h00min a 01h00min e aos sábados de 08h00min a 02h00min.

Site:  www.cafetortoni.com.ar

– Café Alma: Cafeteria linda onde é possível tomar um bom café da manhã, um ótimo Brunch ou almoço. Possui 8 unidades pela cidade.

01 (1371)

01 (1376)

01 (1384)

Endereço: Cerrito, 286 – Micro Centro

Site: almabuendiacafe

Onde comer Sanduíche e Hambúrguer em Buenos Aires:

– Mostaza: Fast Food Argentino criado em 1998. Suas especialidades são hambúrgueres, sanduíches, sobremesas e café. É a terceira maior cadeia de fast food da Argentina, depois das multinacionais McDonald’s e Burger King, respectivamente. Possui muitas unidades em todas Buenos Aires.

Site: www.mostazaweb.com.ar

Centros de Alimentação:

MERCADO DE SAN TELMO: O mercado de San Telmo por muito tempo só foi associado a um local de antiguidades e vendas de carnes, frutas e legumes. Após passar por uma reformulação o mesmo começou a oferecer muito mais. Hoje com muitas opções de alimentação oferecem em seu interior cafeterias, doceiras, creperias, hambúrguerias e restaurantes variados para todo tipo de pessoas e bolsos. Site: mercadosantelmo.com.ar

PUERTO MADERO: Puerto Madero é famoso pelo seu lindo calçadão e pôr-do-sol. Nele existem muitas opções de comidas, restaurantes e redes de fast Food. Das novidades da cidade estão os Rooftops que estão encantando com suas vistas e drinks! Em Puerto Madero existem dois com vistas esplêndidas que permitem contemplar o por do sol enquanto se aprecia sua bebida predileta.

– ROOFTOP – CRYSTAL BAR: O Primeiro e mais alto Sky Bar da cidade está no 32º andar do Hotel Alvear Icon.

Horário de Funcionamento: Terça e quarta de 18:00 as 00:00, Quinta e Sexta de 18:00 as 02:00  & Sábado de 19:00 as 00:00

Site: alvearicon.com/crystal-bar-puerto-madero

– ROOFTOP – TRADE SKY BAR: No 21º andar do Edifício Comega  possui vista ótima para ver o pôr-do-sol e as luzes do Puerto Madero.

01 (1352)

01 (1358)

Horário de Funcionamento: 19th Floor : Bar e Restaurante, 20º andar : Omakase Crude, Telhado : 360 Bar – De segunda a sexta-feira das 12h às 16h. Após o expediente: de terça a sábado, das 18h às 20h. Jantar e bebidas: de terça a sábado, das 20h ao fechamento.

Endereço: Av. Corrientes 222

Site: www.tradeskybar.com

Dicas úteis: 

O que é o cubierto?

Cubierto é o serviço de mesa oferecido nos restaurantes da Argentina. O valor já é pré-definido e já vem especificado no cardápio ele cobre os custos  copos, talheres, guardanapos e toalha de mesa. Na maioria das vezes em troca é oferecido o serviço de cestinhas de pães, queijos e alguma pastinha ou molho chimichurri. O cubierto não é o mesmo que o couvert aqui no Brasil e na Argentina o pagamento é obrigatório.

Como funciona a “Propina”?

A Propina nada mais é que uma taxa correspondente à gorjeta. Os 10% não é obrigatório, mas se quiser deixar algum valor pelo serviço é de bom tom que pague os 10%.

O que comer em Buenos Aires – Argentina?

Do que provei e mais gostei:

– Empanadas: Tipo um pastel, tem na maioria dos estabelecimentos pode ser como um lanche ou como entrada, para mim a melhor é a de Carne.

DCIM666GOPRO

– Medialunas: tipo um croissant com uma massa muito mais leve, pode ser salgada ou doce. Eu amo às duas versões, elas podem ser recheadas de presunto e queijo, de doce de leite ou puras…

– Tostado: É tipo um misto, porém o pão é mais crocante e o recheio mais frio.

– Alfajor: Esta delícia é uma tentação. Em cada esquina tem um “quiosco” onde vende se variedades de doces, os argentinos amam doces. As marcas que mais gosto é a Havana ou a marca Cachafaz, mas se encontrarem um caseiro esse sim para mim é o melhor.

– Doce de leite: Como mineira sou perita em doce de leite e para mim o “Dulce de leche” argentino e uruguaio é melhor do que o de Minas! Sou apaixonada!

– Choripan: O Choripan é um sanduiche “pão com linguiça” argentino.

– Chimichurri: Molho feito com ervas finas, vinagre, pimenta, alho e azeite.

– Carne:  Não é segredo que a carne Argentina é um espetáculo, mas vem da cozinha com pouco sal. Sim! Você precisa salgar se desejar! O mais comum dos acompanhamentos será batata frita. Mas preste atenção quanto ao ponto da carne porque senão chegará no seu prato bem vermelhinha. Pode ser acompanhado pelo molho Chimichurri. Alguns cortes mais populares de carnes:

*Bife de Lomo: Filé Mignon

*Bife de Chorizo não é o Chorizo no Brasil e sim o  Miolo do Contra Filé.

*Tapa de Cuadril é nossa Picanha.

*Vacío: Fraldinha

DICAS E INFORMAÇÕES DE BUENOS AIRES AQUI: viagensdamarcelapena.com/buenos-aires/

DICAS DOS PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS EM BUENOS AIRES: viagensdamarcelapena.com/pontos-turisticos-de-buenos-aires

Qual destino de Neve Escolher na América do Sul?  Bariloche, Santiago ou Ushuaia?

Várias pessoas me perguntam sobre o que compensa a respeito de destinos de neve. A resposta sempre será: Do que você gosta e do quanto você quer investir? Vou explicar rapidamente a respeito de cada cidade para que você possa compreender e escolher seu próximo destino de neve na América do Sul.

BARILOCHE – ARGENTINA 

Bariloche é o destino clichê mais delicioso nas montanhas, até posso chamá-lo de: “Brasiloche”!  A cidade está na Patagônia Argentina, não possui agito e oferece clima de cidade do interior.  Rodeada por áreas verdes é um local que oferece conforto e descanso para o viajante. Indico tanto para casais em Lua de mel quanto para famílias com crianças de diversas idades.  A cidade possui uma linda vista para o Lago Nahuel Huapi e um Centro Cívico imponente.

01 (953)

A Alimentação na cidade agrada tantos os econômicos quanto aos sofisticados, a gastromania argentina não deixa a desejar, com muita carne desmanchando na boca! Repleta de lojas e fábricas de chocolates  é uma perdição em cada esquina.

01 (660)

A cada dia Bariloche cresce em número de hotéis, pousadas e hostels. No ano de 2020 será inaugurada um dos hotéis da rede Trump o que mostra como a cidade está cada vez mais preparada para receber todo tipo de viajante.

Em Bariloche você encontrará por exemplo Ski ou Snowboard no Cerro Catedral, vistas incríveis no Cerro Campanário e no Cerro Otto onde está a cafeteria vermelhinha que gira 360 graus. Além de uma montanha exclusiva para fazer “Ski bunda”, Piedras Blancas. A noite você poderá comer bem em algum restaurante da cidade ou fazer um passeio com moto de neve e comer uma comida típica  no alta de uma montanha.

DCIM664GOPRO
Cerro Catedral

Além de montanhas é possível aproveitar mais do Lago Nahuel Huapi, fazendo um passeio de barco até a Ilha Victoria e Bosques de Arrayanes e fazendo a  Rotas dos 7 lagos. Um passeio incrível até a cidade de San Martin de Los Andes.

DCIM100MEDIADJI_0137.JPG
Rota 7 Lagos
_GLAE9024
San Martin de Los Andes

Bem próximo a Bariloche existem vilas e cidades pequenas lindinhas que você poderá hospedar ou até mesmo fazer Bate – volta desde Bariloche.

Se você quer só neve e montanha vale a pena ir só para este destino, não fique menos do que 5 dias, porque você não vai conseguir desfrutar de tudo que a cidade oferece. Mas se quer combinar na mesma viagem outro destino na argentina, poderá conciliar 3 ou 4 dias em Mendoza que é a terra dos Vinhos Argentinos ou 3 dias em  Buenos Aires que é a capital.

Dicas  atualizadas sobre Bariloche: viagensdamarcelapena.com/bariloche/

Dicas de Buenos Aires: viagensdamarcelapena.com/buenos-aires

SANTIAGO – CHILE 

02 (20)

Santiago é outra opção que está em alta entre os brasileiros pois une ares da capital e escapadas de montanha. Santiago neva raramente, mas próximo dali a 60 km, há uma hora e meia de carro fica as estações: Valle Nevado, Farellones, El Colorado & La Parva. Todas as estações possuem boa infraestrutura, inclusive a Estação Valle Nevado possui bons hotéis e restaurantes.

07 (16)07 (7)-00107 (24)

Hospedar no topo da montanha pode ser mais caro, apesar de ser mais cômodo, caso a ideia não seja hospedar nas estações de Ski você terá que utilizar transfer de ida e volta com saída do seu hotel ou alugar um carro. Hospedando na cidade o contato com a neve é bem menor do que em Bariloche, porque você terá dias específicos para prática de esportes na neve, bicicletas na neve, Ski bunda, tirolesa, entre outras. Nesse post eu explico detalhadamente tudo a respeito das diferenças de cada estação de Ski: viagensdamarcelapena.com/estacoesdeskichile

07 (7)-001

Outro passeio  para quem vai a Santiago em época de neve é o Cajon del Maipo & Embalse el Yeso, um local de ecoturismo, a principal reserva de água da capital.

08 (2)

A cidade de Santiago é bonita e possui o centro histórico bem conservado. Você poderá se locomover de metrô que possui várias linhas e estações que liga a capital de um ponto ao outro. Se ainda achou que verá apenas neve está enganado! Bem pertinho fica Valparaíso e Viña del Mar que são importantes cidades praianas e muito visitada por viajantes.

IMG_0244IMG_2177

Além de tudo que já foi dito não podemos esquecer que poderá unir a agradável visita a Vinícolas, muitas estão próximas assim possibilitando a ida por conta própria. Nesse post eu explico detalhadamente sobre experiências e diferenças de cada uma: viagensdamarcelapena.com/vinicolasnochile

_DSC3579_DSC8883

Santiago é a uma capital e por isso terá características de grandes centros urbanos. 7 dias inteiros é um tempo bom para  conciliar o agito da cidade, dias de montanhas de neve e visitas a vinícolas. O preço da hotelaria é médio em relação a Bariloche, já o preço da alimentação é bem mais alto a se comparar a Bariloche. É  mais fácil encontrar preços de passagens para Santiago com preço melhor, mas acontecem de promoções a Bariloche 

Porque você pode combinar dias de montanhas (sejam eles hospedados nas estações ou na capital) ida a vinícolas, passeio a Cajon del Maipo e atividades na cidade.

Mais dicas sobre Santiago: viagensdamarcelapena.com/chile

Dicas de estações de Ski próximas a Santiago – Chile: viagensdamarcelapena.com/estacoes- de- ski-chie/

 

USHUAIA – ARGENTINA 

Ushuaia está cada vez mais popular no gosto dos brasileiros. Exótica é a cidade mais ao Sul do mundo. Ushuaia possibilita contato total com a neve, todos os passeios são baseados nela! Leia-se: Todos os passeios no período de inverno! Ok? Porque em cada estação tudo muda! Quando falo que é o fim do mundo, acredite é bem no fim do mundo mesmo!

0 (5)

Existem muitas opções de passeios, alguns por conta propria funciona outros sugiro contratar agência de turismo. A cidade possui muitas agências e todas praticam preço tabelado conforme a prefeitura estipula. Quando fui optei pelos Brasileiros no Ushuaia, indico sempre que posso! Os Brasileiros em Ushuaia é uma empresa séria que me atendeu muito bem! As pessoas que ali trabalham falam português, o que facilita e muito a organização e conforto na viagem! Indico sempre que posso! Site: www.brasileirosemushuaia.com.br

Os passeios além da prática de Ski & Snowboard são:

– Navegação no Canal Beagle: Navegação próxima ao canal Beagle. Local que podemos ver lobos marinhos e aves locais muito parecidas com pinguim.

0 (2)0 (8)DCIM669GOPRODCIM669GOPRO

-Ski ou Snowborad no Cerro Castor:

0 (14)

– Aventura na neve: Este passeio é de um dia inteiro feito pela agência Brasileiros no Ushuaia. Começa em um dos Centros invernais da cidade, e possibilita o viajante ter contato com a neve além de pilotar uma moto de neve.

DCIM670GOPRODCIM671GOPRO

– Parque Nacional Tierra del Fuego – Trem do fin del mundo: O Parque Nacional Tierra del Fuego é o parque mais austral do planeta e o único na Argentina onde se pode ver montanha, lago e mar. Este passeio é feito no trem onde chegamos na última rota (1100 km da Antártida).

0 (40)

Não é um destino barato e faz muito frio. Ushuaia está longe de tudo, não é uma cidade bonita e nem de agito, ela só fica top quando a neve cai e deixa tudo branquinho. Geralmente os passeios são feitos ao entorno da cidade onde possui muita natureza. Eu fui e recomendo porque me surpreendeu em tudo!

0 (6)

Tem preços altos, mas valeu cada centavo gasto. Em relação a custos, a cidade está com valores mais altos do que Bariloche & Santiago. Eu recomendo ficar na cidade pelo menos 4 ou 5 dias inteiros, assim você conseguirá desfrutar bem.  As combinações certeiras são: 5 dias no Ushuaia e mais 3 dias em Buenos Aires, ou 5 dias no Ushuaia mais 3 dias inteiros em El Calafate, eu já escrevi sobre essa aventura aqui: Dicas de El Calafate

Mais dicas sobre Ushuaia: Dicas do USHUAIA

0-52
El Perito Moreno – El Calafate – Argentina

Onde comprar roupas de frio?

Muitas pessoas dizem não gostar do frio, eu sempre pergunto o por quê? Elas me respondem: Não gosto de passar frio. Moramos num país tropical e as pessoas não estão acostumadas com temperaturas baixas. Para não passar frio são necessárias camadas de roupas quentes e um calçado impermeável com meias confortáveis. Além de usar blusa e calça térmica, casaco de lã ou de plumas ou casacos corta vento e na cabeça sempre que possível um gorro ou protetor de orelhas.  Para prática de esportes na neve é necessário calças impermeáveis próprias para o esporte. Atenção! Quando comprar as roupas de frio se informe até quantos graus ela suporta, assim não vai passar frio e vai conseguir ficar bem. Eu compro todas as roupas na Decathlon. Essa loja possui em várias cidades do Brasil e loja online. O preço é justo! Site: www.decathlon.com.br

DCIM664GOPRO

Dicas Ushuaia – Fim do mundo

Ushuaia capital da Província da Terra do Fogo é a cidade mais Austral do mundo, está a 1.100 km da Antártida e a 3.100 km de Buenos Aires, um dos locais mais exóticos que eu já conheci! Com 60 mil habitantes é a cidade mais ao sul do mundo e está à beira do Canal Beagle que divide Chile e Argentina.

Ushuaia foi colonizada por europeus no século 19 e nessa época era habitada por índios. Os índios que ali viviam tinham o hábito de caçar, retirar à pele dos bichos e passar a gordura no próprio corpo para se protegerem do frio. Quando os colonizadores avistaram o local, viram fumaças e fogo das fogueiras e logo apelidou de: Terra do Fogo.  Já no século 20 instalaram um grande presídio que atraiu algumas pessoas que não se importavam com as condições do local. Na metade do século 20 o presídio foi extinto e assim começou a instalação de outros serviços e a melhoria da infraestrutura do local, inclusive o governo deu incentivo a novos residentes para povoar e desenvolver a cidade. Hoje Ushuaia é um dos locais mais turísticos da América do Sul com o slogan: Ciudad Más austral del Mundo (A cidade mais austral do Mundo).

Como chegar a Ushuaia?

Ushuaia possui um aeroporto de pequeno porte chamado: Aeroporto Internacional Ushuaia – Malvinas Argentinas que recebe voos domésticos diariamente, não existem voos diretos saindo do Brasil, geralmente a conexão é feita em Buenos Aires, a Aerolíneas Argentinas e a Latam fazem o trecho saindo de várias cidades da Argentina. Quando fui ao Ushuaia fui a Buenos Aires e a El Calafate, que é outro destino que casa muito bem com o estilo de Ushuaia. Nesse link mais informações sobre El Calafate: viagensdamarcelapena.com/DICAS DE EL CALAFATE

0-4

Dicas úteis para uma boa viagem ao Ushuaia:

Parada obrigatória para quem vai a Antártida, não é uma cidade tão bonita como Bariloche, Ushuaia tem uma beleza diferente. No inverno faz muito frio, é importante usar calçados apropriados (galochas ou botas impermeáveis) devido à chuva e a neve.  Roupas quentes e impermeáveis são de suma importância para desfrutar desse local. Eu não comprei nenhuma roupa na cidade devido ao valor alto que é praticado, todas as minhas roupas que funcionaram muito bem são da Decatlhon  que possui várias lojas espalhadas no Brasil e site online. Site: www.decathlon.com.br  A maioria dos dias de inverno é cinza e de pouco sol, escurecendo apartir das 17 horas. O comércio fecha de 13h00min às 16 horas  e os restaurantes fecham de 16h00min às 19 horas. A melhor moeda para levar para viagem é o Dólar e no centro da cidade possuem casas de câmbios. Caso fique em hotéis fora do centro fique tranquilo que o táxi não é caro. No Ushuaia é permitido carimbar o passaporte em três locais diferente, no correio do fim do mundo, no centro de informação do trem e no centro de informação ao turista em frente ao porto.

Onde comprar no Ushuaia?

Ushuaia faz parte da Zona Franca da Terra do Fogo, deixando os produtos livres de quaisquer impostos. Mas não imagine que vá torrar os dólares em Free Shop ou em qualquer loja na Avenida San Martin que possui shopping  e o free Shop Atlantico Sur, Ushuaia é uma cidade cara, isso devido à região onde está! Local extremo e de difícil acesso. O horário de funcionamento do comércio é 9h às 12h e das 17h às 21h e boa parte comércio fecha aos domingos.

Qual é o padrão de tomadas e voltagem na Argentina?

As tomadas na Argentina são diferentes do Brasil! Elas possuem três furos, porém são retangulares, sendo que dois são enviesados. Esse padrão é chamado de australiano e também é usado na China e Nova Zelândia. Você vai precisar levar um adaptador universal porque nenhum dos modelos brasileiros, novo ou antigo, se encaixa nesse padrão. A resistência é de 220 volts.

0-5

O que fazer em Ushuaia?

Navegação do Canal Beagle:

Esse passeio sai do porto de Ushuaia em um catamarã. À medida que o mesmo se distancia da cidade já possível contemplar como a cidade é especial cercada por montanhas. No caminho passa pela Ilha dos Pássaros e a Ilha dos lobos onde é possível ver lobos marinhos e aves locais muito parecidas com pinguim. Mais adiante está a divisa de Chile e Argentina e o encontro do oceano Atlântico e Pacífico.

0-90-8

Centro invernal Cerro Castor:

O Cerro Castor é um centro invernal que possui pistas de Ski e Snowboard e outras atividades invernais. Possui local para venda e aluguel de roupa de neve, muitos restaurantes e escola ou instrutor de esportes de neve. É acessível, muito bem organizado e para mim o mais bonito que já visitei na América do Sul. Site : www.cerrocastor.com

DCIM669GOPRODCIM669GOPRO

Parque Nacional Tierra del Fuego – Trem do fin del mundo

O Parque Nacional Tierra del Fuego é parada obrigatória para quem vai a Ushuaia.
Ele é o parque mais austral do planeta e o único na Argentina onde pode se ver montanha, lago e mar. O inicio do passeio é de trem e nele você pode escutar a história da fundação da cidade e como funciona a vida neste local tão extremo. Por fim conhecemos mais o parque e podemos ficar a 1100 km da Antárctica. A sensação é de liberdade por está em um local tão lindo e complexo.

0-40DCIM672GOPRO0-43

Passeio feito pela Agência:

Dispenso agências, mas dessa vez optei por recorrer à agência de turismo! Minha escolha foi os Brasileiros em Ushuaia. Uma empresa composta por brasileiros que possuem um trabalho fantástico! Com ótimos guias e vans novas. Na cidade todos os preços são tabelados pela secretaria de turismo da Terra do Fogo, tive facilidade de comunicação com a empresa através do meu whatsApp e e-mail e  tudo acordado em português o que facilitou e me deixou muito mais segura! Mas se quiserem contratar pessoalmente  o Brasileiros em Ushuaia possui escritório no centro da cidade! Indico porque tudo que foi proposto foi cumprido perfeitamente.

Brasileiros em Ushuaia:  www.brasileirosemushuaia.com.br

Aventura na neve

Esse passeio é de um dia inteiro em contato com a natureza e a neve. O passeio começa em um centro invernal onde o viajante pode andar de moto de neve e praticar atividades e brincadeiras na neve. Esse passeio tem parada na hora do almoço e tem retorno no fim da tarde.  O passeio é muito interessante inclusive se o grupo for divertido como o nosso foi.

0 (33).jpgDCIM671GOPRO

Onde se hospedar em Ushuaia?

Arakur Ushuaia Resort & Sp

Altos Ushuaia

Los Cauquenes Resort & Spa

Los Acebos

Onde Comer em Ushuaia?

– Restaurante do Hotel Altos Ushuaia

–  Paso Garibaldi Resto Bar

– Tante Sara Restaurant & Bar

0 (51).jpg

Dicas El Calafate – Argentina

El Calafate

El Calafate é uma pequena cidade localizada na província de Santa Cruz, na Argentina, próxima à fronteira com o Chile. É a cidade mais próxima do Parque los Glaciares, a cerca de 80 quilômetros, onde se localiza a maior geleira em extensão horizontal do mundo: o Glaciar Perito Moreno, que se encontra constantemente em evolução com diminuição da sua área por causa do aquecimento global. Também se localiza próximo de outra importante geleira: o Glaciar Upsala.

0-54

Uma cidade com clima de interior, muito limpa e organizada. Para chegar até El Calafate se você estiver vindo do Brasil é necessário fazer uma conexão em Buenos Aires. Estava em Ushuaia e fui direto para El Calafate, existem voos diarios entre estas cidades. Achei o custo da cidade menos elevado a se comprar a Ushuaia, mas não são preços tão amigáveis como os de Bariloche. A cidade possui casas de câmbio na avenida principal (Avenida del Libertador). Nela se concentra o maior número de restaurantes, cafeterias, supermercados e utilidades e inclusive agências de turismo. Vale a pena experimentar doces que são feitos da frutinha Calafate e comer o famoso cordeiro patagônico. No post anterior expliquei que todos meus passeios foram comprados na agência Brasileiros em Ushuaia, eles também trabalham nesta região, contratei todos os passeios com eles. www.brasileirosemushuaia.com.br

Como todos os passeios foram feitos no inverno é  necessário roupas confortáveis, o que descarta uso de salto.

Como é o padrão de tomadas e voltagem em El Calafate?

As tomadas na Argentina são diferentes do Brasil! Elas possuem três furos, porém são retangulares, sendo que dois são enviesados. Esse padrão é chamado de australiano e também é usado na China e Nova Zelândia. Você vai precisar levar um adaptador universal porque nenhum dos modelos brasileiros, novo ou antigo, se encaixa nesse padrão. A resistência é de 220 volts.

O que fazer em El Calafate:

Glaciar Perito Moreno – Safári Náutico

Este passeio foi o mais esperado! Fui uma criança que sempre amou a geografia, por isso ir até o Perito Moreno era realização de um sonho. Neste passeio fomos até o P arque Nacional los Glaciares e ficamos a 6 km do mirador da Geleira e depois pegamos um barco e navegamos bem próximo ao Glaciar. Dá para ficar impressionado pelo tamanho das geleiras. Existem trilhas pelas passarelas de pequena, média e grande dificuldade.  Caso não queira fazer as trilhas existem espaços para assentar e ficar observando esse mundo de gelo. Este é um passeio dá para ser feito  sem agência de turismo. Qualquer carro chega tranquilamente ao Parque, sendo possível comprar o passeio de barco logo na entrada (Na rua principal da cidade uma loja da Localiza).

0-52

Outros passeios interessantes a serem feitos são:

– Glaciar Upsala

– El Chaltén

– Trekking no Perito Moreno

0 (1).jpg

 

Onde se Hospedar:

– Esplendor El Calafate

– Design Suites Calafate

– Hotel Mirador del Lago

Onde comer:
– Don Pichon
– Pietro’s Cafe
– La Lechuza Pizzas
– Casimiro Parrilla & Asador
 

Do Uruguai a Buenos Aires de barco!

Já mencionei em outros posts que fiz de barco a travessia do Uruguai para Buenos Aires e fiz também de Buenos Aires para o Uruguai. Essa travessia não tem segredo, é rápida e muito confortável. Existem três empresas que fazem este serviço. (Colonia Express, Seacat e Buquebus) . Escolhi a Buquebus conforme relatos na internet e confirmo que realmente é ótimo o serviço prestado. O valor é muito menor do que fazendo o trajeto de avião. Vale a pena viver essa experiência!

Dicas bem importantes travessia de barco do Uruguai X Argentina:

-O ponto de saída e chegada à Argentina é em Buenos Aires é no Puerto Madero. Já no Uruguai o ponto de chegada e saída é em Colônia del Sacramiento se o seu destino final for Montevideo, por exemplo, é interessante comprar a passagem com a opção + ônibus.

-Existem vários tipos de barco, o mais rápido é mais interessante, rápidos- 1hora de travessia e lentos – 3horas de travessia, todos carregam carros.

– Quanto antes comprar a passagem será melhor, você vai garantir uma tarifa mais baixa.

– Dentro do barco possui Free Shop e cafeteria.

– Não possui poltrona marcada, mas assentos para todos.

– Nos terminais de embarque passamos na imigração de uma vez só e até despachamos a bagagem caso necessário.

– Para quem não vai estender a viagem até Montevideo, mas quer conhecer Colônia del Sacramiento da para fazer um bate-volta, compra-se no primeiro horário e no último para a volta .

– Por hipótese alguma pode ser levado em qualquer das bagagens produtos perecíveis. O controle é bem rigoroso.

O site da Buquebus: www.buquebus.com