Dicas de estações de Ski próximas a Santiago – Estações de Ski no Chile – Farellones, Valle Nevado, El Colorado e La Parva

Com quatro estações de Ski próximas a Santiago, fica fácil conciliar uma viagem “urbana” e de montanha.  Elas estão  na municipalidade de Lo Barnechea, aproximadamente a 1 hora e meia de Santiago, são elas: Valle Nevado, Farellones, El Colorado e La Parva.

A primeira vez que estive no Chile fui apenas ao Valle Nevado e fiquei com muita vontade de conhecer as demais estações de Ski, porem como tinha ido no inicio de Junho não peguei neve suficiente para praticar Ski e algumas delas estavam fechadas!

07 (16)

Sabemos que a neve depende unicamente do clima, em 2017 choveu bastante e o período de neve e frio foi maior, período de maio a outubro. No ano de 2018 o clima foi bem diferente! Choveu muito menos que o esperado e fez muito menos frio também. A neve oscilou bastante fazendo com o que algumas estações de ski em pleno início de agosto estivessem puro barro! Afirmo! Não é possível prever a quantidade de neve, por isso o ideal  monitorar o clima, mas pela experiência em tantas visitas a estações de neve na América do Sul, julho é o melhor mês para ver neve e praticar esportes, mas vale lembrar que é o mês de preços mais altos por ser alta temporada.

09 (1)

Como chegar:

Pra chegar às estações de ski recomenda-se contratar agências de turismo ou um Transfer simples para montanha. Na viagem estava eu, meu marido mais alguns amigos, o que nos deu a flexibilidade pra pensarmos no plano B.

Quando digo que contratar agência de viagem ou Transfer é o recomendado, digo pelo fato de muitos não terem experiência em dirigir estradas com neve ou estradas com muitas curvas.  Sou de Minas Gerais e estamos acostumados com curvas, curvas e mais curvas e mesmo assim falávamos muito que motorista inconsequente ou “roda dura” ou inseguro, não conseguiria subir ou poderia causar algum acidente!

Como já sabíamos que não iríamos pegar neve na estrada (seguimos pesquisando fielmente vários blogs de viagens, moradores do Chile e a previsão do tempo) decidimos alugar uma Van.

07 (43)

O valor ficou muito melhor que os das agências! Muito mais confortável porque o dia era nosso e nós estipulávamos o que iríamos fazer! Inclusive alugar carro menor vale a pena também. Eu  não utilizei Transfer para a montanha, mas fiz orçamentos com a 321 CHILE e Sousas tour. Mais uma vez eu não utilizei o serviço delas! Mas achei incrível o tratamento que tive por e-mail nos orçamentos que recebi!

03 (32)

Qual estação de ski conhecer no Chile?

Farellones:

A primeira estação de ski que você verá quando subir a montanha será Farellones. Esta estação de ski é um centro de recreação de neve! Nela o viajante tem a possibilidade de fazer: Trineo (esquibunda), Canopy (tirolesa), andar de bicicleta na neve, Tubing (descida de boia), Silla (teleférico panorâmico). Esta estação está mais baixa do que as outras, portanto a neve derrete primeiro. O legal é que bem perto de Farellones  existem algumas pousadinhas e alguns pequenos e bonitinhos restaurantes de montanha.

09 (7)09 (5)

Valle Nevado:

O vale Nevado é a estação de ski mais visitada por nós brasileiros! Conhecemos mais pelo fato dela ser a maior e a mais completa. O Valle Nevado possui 3 hotéis  Hotel Valle Nevado – 5 estrelas, Hotel Puerta del Sol 4 estrelas, Hotel Tres Puntas – 3 estrelas e os vários restaurantes que são excelentes!

07 (18)

07 (7)-001

07 (22)

07 (24)

No ano de 2018 o Valle Nevado mudou a política de acesso a turistas não hospedados nos hotéis que estão ali! Para agências e para quem está de carro é obrigatório deixar o carro no estacionamento da curva 17, que é o estacionamento que fica bem em frente à bilheteria, banheiros e subida da gôndola.

07 (13)

Para você ter acesso aos hotéis você precisa adquirir algum produto do Valle Nevado (Gôndola, Passes de Ski ou de alimentação). Ou se tiver disposição poderá subir a pé! Eu fiz a caminhada tranquilha e demorei 30 minutos. Mas se preferir existe uma espécie de jardineira que faz o transporte de ida e volta pra os hotéis. Fiquei sabendo depois que voltei da viagem que o Valle Nevado estava impedindo esse acesso, o que eu julgo apenas ocasional! Porque os melhores restaurantes estão junto aos hotéis!

07 (26)

Para a prática de ski ou snowboarding tem uma pequena área que você pode ficar sem pagar nada, mas não se empolgue! Porque o pedaço é curto e demanda muito esforço! Nesse espaço você não terá acesso às cadeirinhas e muito menos as gôndolas! Se quiser ter uma experiência completa da montanha acredito que vale a pena contratar os passes (que não são baratos)! Meu marido é top no ski e me disse que as pistas são ótimas!  O socorro é muito rápido e muito bom, ele viu pessoas sendo socorridas. Para quem não quer praticar esporte vale a visita para ter a experiência da neve e desfrutar os restaurantes.

07 (6)

07 (12)

07 (21)

El Colorado:

A estação de ski El Colorado fica do outro lado da montanha, lado ao contrário ao Valle Nevado! Achei a estação limpa, organizada e mais cara que o Valle Nevado, porém vi que 90%  das pessoas por lá eram residentes chilenos. Possui guarda volumes próximo a bilheteria e boas e poucas opções de alimentação! Nela você tem um espaço bom para brincar de ski sem precisar pagar, mas é no mesmo esquema do Valle Nevado, você não terá acesso às cadeirinhas e só podendo utilizá-las com o ticket.

02 (1)

02 (5)

02 (17)

02 (18)-001

02 (20)

La Parva:

Acredito que já mencionei aqui no blog a respeito do meu trabalho! Sou fotografa de casamentos e fotografo casais pelo mundo a fora!  (Meu site: www.glayconemarcela.com.br)

03 (30)

Fui a La Parva unicamente pra fotografar um casal! Mas achei a estação muito interessante, possui pistas mais íngremes e poucas opções de alimentação! Achei o lugar com uma arquitetura lindinha, com casinhas e prédios de montanhas que me fizeram lembrar de Bariloche! viagensdamarcelapena.com/bariloche

Onde guardo meus objetos nas estações de Ski?

Todas as estações possuem lockers que são pagos na bilheteria da estação! O local é seguro e bem organizado utilizei da estação do Valle Nevado e El colorado e achei muito bom!

Aluguel de roupa: Comprar ou alugar?

É sempre muito difícil essa decisão! Esportes relacionados à neve não são baratos e as  ROUPAS são indispensáveis para todos. Acredito que para praticar ou ter contato com a neve mais de um dia vale a pena comprar. No Brasil temos uma excelente loja que é a Decathlon  (www.decathlon.com.br).  Para aluguel de Ski existe uma empresa de locação que fica a direita ( sentido da subida da montanha) que possui preços muito melhores do que das lojas de locações nas estações de ski. Importante falar que roupa térmica é essencial e que elas não são alugáveis!!! Para comprar roupas boas e confortáveis vale no Brasil vale a pena olhar na LUPO e na Decathlon.

 

As melhores vinícolas para visitar no Chile pertinho de Santiago – 4 degustações e vinícolas que valem a pena no Chile

Sou amante do vinho e considero conhecer vinícola um tipo de experiência incrível! Quando o destino de viagem me proporciona essa experiência tenho preferência por vinícolas que se destacam por algum motivo específico, sejam por possuir bons vinhos ou por serem mais tradicionais.

O Chile é o quinto maior exportador de vinhos no mundo. Um chileno consume em média 27 litros ao ano enquanto o brasileiro apenas dois!  Acredito que o cenário brasileiro está mudando, devido à qualidade de vinhos produzidos no sul do Brasil. Aqui neste link têm algumas das minhas visitas as vinícolas no Sul do Brasil  viagensdamarcelapena.com/bento-goncalves

As condições de produção do vinho no Chile são excelentes! As uvas trazidas pelos imigrantes se adaptaram muito bem! Os mais entendidos dizem que o Terroir (que nada mais é: relação mais íntima entre o solo e o micro clima particular, que concebe o nascimento de um tipo de uva, que expressa livremente sua qualidade, tipicidade e identidade em um grande vinho, sem que ninguém consiga explicar o porquê) chileno é de “tirar o chapéu”!  A cordilheira do Andes, o Mar do Pacífico, as geleiras ao Sul e o Deserto do Atacama formam uma barreira natural contra as pragas.

A uva símbolo do Chile é a Carménère que é tipicamente francesa.  Essa qualidade de uva foi extinta devida a uma praga chamada Filoxera. Foi trazida ao Chile mudas de variadas qualidades de uvas entre elas estava a Carménère que foi plantada e cultivada como uma variação da uva Merlot. Em 1994 no Chile um ampelógrafo francês, chamado Jean Michel Boursiquot, notou que algumas cepas de Merlot demoravam a maturar, após realizarem alguns estudos perceberam que se tratava da uva Bordeaux Carménère.

IMG_0210

Dá para se perder entre tantas opções ótimas e com preço justo nos supermercados. O vinho chileno é muito mais barato do que aqui no Brasil, e por isso levar vinhos é uma ótima escolha. De acordo com a Policia Federal é permitido entrar no Brasil sem pagar taxas alfandegárias trazendo no máximo 12 litros de bebidas alcoólicas, ou seja, 16 garrafas de vinhos de até 750 ml! Destas 16 garrafas só poderão ser levado em bagagem de mão 6 garrafas as demais devem ser despachadas. Lembrando que o limite de bens trazidos não pode ultrapassar 500 dólares.

Tive a oportunidade de conhecer quatro vinícolas: A Vinícola Santa Carolina, Vinícola Undurraga, Vinícola Concha y Touro e a Vinícola Emiliana Organic.  Cada uma delas me fez apreciar e aprender diferentes conceitos do mundo do vinho. As Vinícolas estão próximas a Santiago e todas são possíveis chegar por conta própria. Vamos ao resumo rápido:

1 – Vinícola Santa Carolina

Se você possui pouco tempo e quer uma Vinícola de tradição e sem mimi vá a Santa Carolina. Lembre-se ela não possui os vinhedos como nas outras! Porém no inverno isso não faz diferença porque os parreirais estão secos e/ou podados. A Vinícola é tradicional, e uma das mais antigas do Chile, sua história esbarra com a história do país. O tour é ótimo e bem explicativo! O guia fez diferença e os vinhos degustados são maravilhosos! Uma das caves mais lindas que já vi! No final do tour o viajante é presenteado com uma garrafa de 375 ml como lembrança. O acesso é muito rápido seja de metrô ou de carro porque fica dentro da cidade.

Site: hwww.santacarolina.cl

_DSC3518_DSC3524_DSC3497_DSC3579IMG_0216

2 – Vinícola Concha Y Toro

A vinícola é linda e grande. Mas não se encante apenas por isso! Os vinhos da degustação são bons! Mas se de fato quer ter uma experiência mais profunda, com boas informações contrate o Tour Marques de Casa & Concha que possui visitação e uma explicação exclusiva com harmonização de queijos e outros. É um local de muita fama e muito turístico. Acredito que seja a vinícola chilena que mais conhecemos no Brasil! O tour é ótimo! Porém gosto de sair da zona de conforto e indicaria conhecer esta e mais alguma se possível! No final do tour o viajante é presenteado com uma taça de vidro.  O acesso é fácil! Indo por metrô ou por carro.

Mais sobre a Concha Y Toro: viagensdamarcelapena.com/vinicolaconchaytoro

Site: conchaytoro.com

IMG_0699img_0693img_0660img_0618IMG_0639

3 – Vinícola Undurraga

Se você de novo não quer mimi e quer uma Vinícola que te dê base e aprendizado, acredito na Undurraga. Possui ótima estrutura e o tour explica bem sobre o solo, a produção e a forma de cultivar a uva.  A degustação mais simples é feita com vinhos Tops! Assim o custo benefício é maior a se comprar aos da Concha Y Torro. Fui indicada por inúmeras pessoas! O jardim é lindo demais e a recepção de todos na Vinícola é o diferencial! No fim da degustação o viajante é presenteado com uma taça de vinho. O acesso é Fáci! Podendo ser feito de ônibus ou de carro!

Site: www.undurraga.cl

IMG_0745_DSC4916_DSC4994_DSC5018_DSC4965

*Muitas pessoas visitam no mesmo dia a Vinícola Undurraga e a Concha Y Toro, elas são relativamente próximas. Visitam a Undurraga pela manhã, almoçam na Concha y Toro e após o almoço fazem a degustação na mesma. (É necessário fazer reserva no restaurante)

4 – Vinícola Emiliana Organic

Se você já conhece outras vinícolas ou ama e consomem orgânicos, a Vinícola Emiliana Organic é a mais recomendada! O tour é excelente e bem explicativo!  Porém a parte da degustação não é tanto quanto as demais que já visitei! Mas eu não abriria mão de conhecê-la, pelo fato de ser uma produção orgânica! Os vinhos são bons e a paisagem da Vinícola é de cair o queixo. Contratei o tour simples com acréscimo de degustação de queijos! Para chegar até a Vinícola não tem erro! Você pode ir de ônibus ou de carro, ela fica na rota 68.

Site: www.emiliana.cl

_DSC9325JDKU4682-2_DSC9054_DSC8883_DSC9201

*A Emiliana Organic fica na mesma rota que vai a Valparaiso e Viña Del Mar. É possível conciliar tudo no mesmo dia!  Eu fiz e deu certo!

Se não conhece outras vinícolas, concilie na mesma viagem a Emiliana com a Undurraga ou com a Santa Carolina. Mas deixe para visitá-la depois de ter ido a uma tradicional, assim você consegue comparar e entender melhor o seu processo de produção orgânica!

IMG_0883

Eu não gosto de indicar aquilo que eu não vivi, porém eu li muito e fui muito recomendada a conhecer a Vinícola Casas Del bosque, Vinícola Santa Rita e a Vinícola Cousiño Macul.

Muitas pessoas vão a Vinícola Emiliana e depois vão à Vinícola Casas del Bosque, elas estão bem próximas, ambas no Valle de Casablanca. Geralmente as pessoas fazem o tour na Vinícola Emiliana na parte da manhã e vão almoçar ou “petiscar” tomando um bom vinho na Casas del Bosque. Acredito valer a pena pelo fato da Emiliana Organic não ter restaurante! A vinícola Casas Del Bosques é do tipo Boutique. Está sempre cheia de flores, e tem a maioria de sua massa de trabalhadoras mulheres.

A Vinícola Santa Rita compõe o time das históricas e tradicionais no país! Fiquei com muita vontade de fazer o tour e almoçar no seu Restaurante Doña Paula (Que me parece ser muito bom!). Essa Vinícola possui um hotel belíssimo que permite ao hóspede ter inúmeras atividades relacionadas ao vinho!

A Vinícola Cousiño Macul é uma vinícola que está na família que a fundou e  possui vista incrível para a montanha.  É  uma vinícola tradicional com três opções de tour. Está há 2 km da estação Quilin – LINHA 4 AZUL

Site Vinícola Casas del Bosque: www.casasdelbosque.cl

Site: Vinícola Santa Rita: www.santarita.com

Site: Vinícola Cousiño Macul: www.cousinomacul.com

Importante! A lei seca no Chile é muito mais rigorosa que no Brasil! Fique experto! Direção e álcool não andam juntas!

 

 

Onde Comer e Beber em Santiago – Chile?

Dicas de Restaurantes em Santiago:

A maioria dos restaurantes possuem: “Menu del día” O que possibilita comer bem por um preço menor. A maioria divulga no site ou nas redes sociais o cardápio com valores fechados para a refeição.

– Restaurante Ligúria: Possui 3 unidades na cidade, todas próximas a estação de metrô, Pedro de Valdivia, Manuel Montt (Matriz), Tobalaba (Fui nesta e simplesmente adorei!). Horário de funcionamento é das 10h00min as 01h30min. Site: www.liguria.cl

IMG_0677IMG_E0680

– Restaurante Giratório: Restaurante turístico! A comida é boa mas o que realmente vale é a vista da cidade! Fica na comuna de Providência, próximo ao Sky Costanera. Site: ww.giratorio.cl

– Bocanariz: Este restaurante é ideal para quem quer degustar vinhos chilenos. Cada prato do cardápio harmoniza com um vinho diferente. Existem opções de menus temáticos combinando com vinhos. Sempre cheio, ideal fazer reservas. Fica no Bairro Lastarria.  Site: www.bocanariz.cl

– Restaurante Costamia: Restaurante dentro do Shopping Costanera Center no Piso 5, é especialista em Peixes e Frutos do Mar. A decoração é linda! Site: www.costamia.cl

Cafeterias & Sorveterias: 

– Emporio la Rosa: Sorveteria artesanal que possui unidades nos bairros Lastarria, Centro, Las condes (na rua e dentro do Mall Costanera Center)  de Santiago. Além dos deliciosos sorvetes (os que eu mais gostei foi o de chocolate com laranja e o de manjar com chocolate). Em algumas unidades é possível tomar um belo café da manhã. Site: www.emporiolarosa.com

– El Taller: Cafeteria & Sorveteria charmosinha em Providência, próxima a estação de metrô Manuel Montt. O café da manhã tem vários combos! O atendimento é maravilhoso e a comida servida é ótima! Eu adorei!  Site: www.eltallerchile.cl

IMG_2850

Cafeterias: 

– Confiteria Torres: Possui três unidades na cidade, a matriz está a Rua Alameda 1.570 no Centro, praticamente ao lado do Palácio La Moneda, esta unidade está em funcionamento desde 1879. Na Rua Isidora Goyenechea 2962 em Las Condes e a outra na Plaza de la Ciudadanía nº 26, Nivel  -1. Site: www.confiteriatorres.cl

img_0716

– Castaño: Você verá em muitos locais em Santiago a marca Castaño. Esse estabelecimento é um tipo de “padaria”. Nela você pode tomar café da manhã ou até mesmo lanchar a noite. As melhores Empanadas de Pino que comi em Santiago. Site: www.castano.cl

IMG_E2226

– Juan Valdez Cafe: Está cafeteria colombiana possui unidades em várias regiões de Santiago. É uma cafeteria “a lá Starbucks”. Recomendo!   Site: www.juanvaldezcafe.com

IMG_E2213IMG_E2248

San Camilo Panadería: Padaria, confeitaria e cafeteria lindinha e muito tradicional em Santiago, data de 1881. Presente em toda a cidade é parada obrigatória para quem ama doce. Site: www.sancamilo.co

IMG_E0683

Fast Food Chilenos:

-Dominó La Fuente de Soda de Chile:  Fast Food Chileno que oferece Completo (Hot Dog Chileno), sanduíches, Saladas e batatas. fica cheio todo o dia e está em muitos locais da cidade! O valor é bom e o completo é um dos mais gostosos!  Site: www.domino.cl

IMG_E2245

– Juan Maetro: Fast Food Chileno que tem cardápio composto basicamente por sanduíches. Esse para mim é um dos melhores do Chile. Adorei o a linha de Sanduíche que tem Carne Mechada (carne de boi desfiada). Site: www.juanmaestro.cl

IMG_E2239

– Pedro, Juan & Diego: Fast food Chileno, possui unidades em muitos bairros em Santiago. No Menu é possível comer Hambúrguer, Completo (Hot Dog Chileno), Saladas e batatas. Achei bem parecido com Mc Donalds! Site: www.pedrojuanydiego.cl

IMG_E2241

Hamburguerias Artesanais: 

– Uncle Fletch: Um das melhores hambúrgueres de Santiago chama atenção pelo estilo antigo. Ótima pedida para os apreciadores de cerveja. Possuem dois endereços: 1 – Pátio Bellavista e o segundo na Plaza Ñuñoa. Site: www.uncle-fletch.com

– Mr Jack – Hamburguer artesanal. Está localizado em quatro lugares: Pátio Bellavista, Parque Arauco e mais duas unidades no bairro Vitacura. Site: www.mrjack.cl

Dicas de centros de alimentação:

– Pátio Bella Vista

É um local que possui lojas e principalmente restaurantes. São mais de 20 estabelecimentos de todos os tipos de comida. patiobellavista.cl  

–  Shopping Parque Arauco

O Shopping Parque Arauco possui dois centros de alimentação. A praça de Alimentação convencional dentro do Shopping e um pátio externo bem bonito com restaurantes mais sofisticados. Fomos ao Tomy Roma´s que é tipo um Outback Steakhouse. O preço foi justo a se tratar da cidade de Santiago.

img_1073

 


Dicas de Comidas Típicas Chilenas, neste link: O QUE COMER EM SANTIAGO – COMIDAS TÍPICAS CHILENAS

Conhecendo a Vinícola Concha Y Toro, neste link: VINÍCOLA – CONCHA Y TORO – CHILE

O que comer em Santiago – Chile? Comidas Típicas Chilenas

Ouvimos muitas pessoas dizendo que a comida chilena é ruim ou que a mesma possui preço alto. O que acontece é que saímos do Brasil com a ideia de encontramos preços muito menores dos praticados aqui. Comer no Chile não é barato! Mas existem ótimas opções de restaurantes.

A culinária chilena é bem rica! No país é possível comer bons frutos do mar e bons cortes de carne sempre acompanhado de bons vinhos.

Achei curioso o fato de colocarem abacate(Palta) em tudo! Sempre acompanhando comidas salgadas. Ah! O almoço é mais tarde por volta das 14 horas.

Comidas tipicas Chilenas: 

– Vinhos Chilenos: Os vinhos chilenos são famosos no mundo inteiro, é um dos principais exportadores no mundo. Tudo começou no século 16 quando colonizadores europeus chegaram ao país. O país possui sete importantes regiões: Aconcágua, Maipo, Vale Rapel, Curicó, Vale do Maule, Casablanca, Limari. Não deixe de conhecer uma vinícola! Para comprar vinhos com preços ótimos os supermercados são uma boa pedida.

– Outras 3 bebidas que são bem famosinhas:

*Mote Con Huesillos: É uma bebida feita com pêssego e um tipo de grão de trigo e açúcar. Não é alcoólico, fácil de encontrar em qualquer lugar.

* Pisco Sour: É uma bebida alcoólica feita com Pisco – Aguardente feita de uva, suco de limão, clara de ovo e açúcar. No Chile você pode achar a aguardente feita de uva e fazer por conta própria ou a bebida já pronta vendida no supermercado.

* El terremoto: Bebida alcoólica feita de vinho Pipeño misturado com sorvete de abacaxi. Cuidado! É uma bebida forte!

– Completo: Completo é o Dogão popular no Chile. Existem algumas variações, mas podem ser de pão, salsicha, chucrute (conserva de repolho), tomate e abacate (salgado). Só no Brasil que comemos abacate com açúcar.

– Empanadas de Pino: Na Argentina e no Chile existem vários sabores de empanadas, no Chile o recheio de empanada mais clássico é o PINO. Combinação de carne, cebola, ovo cozido e azeitona. Um dos locais mais antigos de Santiago para comer uma bela Empanada é o Emporio Zunino que está em funcionamento desde 1930. Este estabelecimento fica no centro, entre o Palácio La Moneda & A Plaza de Armas. Site: www.empanadaszunino.com

– A Lo Pobre: Tipo um PF. Possui uma carne podendo ser frango ou boi com ovos fritos por cima acompanhados de batata e cebola frita.

IMG_1320

– Pastel de Choclo: Tipo o nosso escondidinho, feito a base de milho, recheado com carne, frango, ovos cozidos, azeitonas e passas.

– Centolla: Uma espécie de caranguejo encontrado em águas profundas.

– Torta Tres Leches: Sobremesa mais tradicional no Chile, que possui três tipos de leite: doce de leite, leite condessado e creme de leite com cobertura de merengue.

– Churrasco (Parrilla/Asado) chileno: Churrasco chileno que possui cortes muito saborosos.

– Fruta vermelhas em geral são mais saborosas do que aqui no Brasil. Coma framboesas, cerejas e morangos.


Dicas de Restaurantes em Santiago, neste Link:  DICAS DE RESTAURANTES EM SANTIAGO – ONDE COMER E BEBER

 

Neve no Valle Nevado – Chile

A primeira vez que estive no Chile fui  ao Valle Nevado e fiquei com muita vontade de voltar porque foi no inicio de Junho e não peguei neve suficiente para praticar Ski.

03 (32)

Pra chegar a estações de ski recomenda-se contratar agências de turismo ou um Transfer simples para montanha. Na viagem estava eu, meu marido  mais alguns amigos, o que nos deu a flexibilidade pra pensarmos no plano B.

Quando digo que contratar agência de viagem ou Transfer é o recomendado, digo pelo fato de muitos não terem experiência em dirigir estradas com neve ou estradas com muitas curvas.  Sou de Minas Gerais e estamos acostumados com curvas, curvas e mais curvas e mesmo assim falávamos muito que motorista inconsequente ou “roda dura” ou inseguro, não conseguiria subir ou poderia causar algum acidente!

09 (1)

Como já sabíamos que não iríamos pegar neve na estrada (seguimos pesquisando fielmente vários blogs de viagens, moradores do Chile e a previsão do tempo) decidimos alugar uma Van.O valor ficou muito melhor que os das agências! Muito mais confortável porque o dia era nosso e nós estipulávamos o que iríamos fazer! Inclusive alugar carro menor vale a pena também. Eu  não utilizei Transfer para a montanha, mas fiz orçamentos com a 321 CHILE e Sousas tour. Mais uma vez eu não utilizei o serviço delas! Mas achei incrível o tratamento que tive por e-mail nos orçamentos que recebi!

07 (43)

O vale Nevado é a estação de ski mais visitada por nós brasileiros! Conhecemos mais pelo fato dela ser a maior e a mais completa. O Valle Nevado possui 3 hotéis  Hotel Valle Nevado – 5 estrelas, Hotel Puerta del Sol 4 estrelas, Hotel Tres Puntas – 3 estrelas e os vários restaurantes que são excelentes!

07 (18)07 (7)-00107 (22)

No ano de 2018 o Valle Nevado mudou a política de acesso a turistas não hospedados nos hotéis que estão ali! Para agências e para quem está de carro é obrigatório deixar o carro no estacionamento da curva 17, que é o estacionamento que fica bem em frente à bilheteria, banheiros e subida da gôndola.

07 (26)

Para você ter acesso aos hotéis você precisa adquirir algum produto do Valle Nevado (Gôndola, Passes de Ski ou de alimentação). Ou se tiver disposição poderá subir a pé! Eu fiz a caminhada tranquilha e demorei 30 minutos. Mas se preferir existe uma espécie de jardineira que faz o transporte de ida e volta pra os hotéis. Fiquei sabendo depois que voltei da viagem que o Valle Nevado estava impedindo esse acesso, o que eu julgo apenas ocasional! Porque os melhores restaurantes estão junto aos hotéis!

07 (12)07 (21)

Para a prática de ski ou snowboarding tem uma pequena área que você pode ficar sem pagar nada, mas não se empolgue! Porque o pedaço é curto e demanda muito esforço! Nesse espaço você não terá acesso às cadeirinhas e muito menos as gôndolas! Se quiser ter uma experiência completa da montanha acredito que vale a pena contratar os passes (que não são baratos)! Meu marido é top no ski e me disse que as pistas são ótimas!  O socorro é muito rápido e muito bom, ele viu pessoas sendo socorridas. Para quem não quer praticar esporte vale a visita para ter a experiência da neve e desfrutar os restaurantes.

07 (24)07 (16)

Se a ideia é ir até à montanha mais dias para prática de esportes, o ideal é ficar hospedado nos hotéis citados acima. Lembre-se, para hospedar em qualquer destes hotéis em época de neve é exigido permanência de três diárias. Para mais informações sobre roupas de neve, espotes e hospedagens no Valle Nevado, acesse o site: www.vallenevado.com

Dicas de Santiago do Chile

Tenho ouvido muito a falar que Santiago é a nova Buenos Aires, acredito que seja por todo conforto que a cidade proporciona ao viajante. Destino de várias opções, seja neve ou mar.

Como é a imigração no Chile?

A imigração no Chile é tranquila. Para entrar no país não é exigido o passaporte, apesar do Chile não fazer parte do MERCOSUL, se o caso for utilizar a carteira de identidade ela deve ter sido emitida há menos de 10 anos e estar em bom estado de conservação. Junto com seus documentos e um formulário entregue pelos comissários de bordo dentro do avião devidamente preenchidos (as perguntas são de identificação, serviço de aduana e serviço agrícola) é hora de enfrentar fila no PDI – Policia de Investigaciones de Chile. No PDI você terá a permissão para entrar no país, será entregue um papel (Tarjeta única migratória) com alguns dados importantes que devem ser devolvidos quando estiver saindo do país. Caso você tenha perdido a Tarjeta Única Migratória você terá que pedir a segunda via no próprio aeroporto.

A vacina da febre amarela é obrigatória para entrar no Chile?

Não!

img_0093

O aeroporto internacional Comodoro Arturo Merino Benitez é o aeroporto que você chegará à cidade, está aproximadamente 19 km da região de Providência.  V

Como se deslocar do aeroporto de Arturo Merino Benitez ao Centro da cidade de Santiago:

1 – Taxi: É o meio mais rápido de deslocamento, possui duas opções:

  • Empresa de táxi que fica no hall de entrada com o preço tabelado.
  • Táxi comum que ficam na porta do aeroporto.

2 –  Trans Vip – Vans compartilhadas : Para contratar vá ao balcão da empresa de táxi e peça o serviço de transfer compartilhado (Van). A Van só sairá quando atingir seu limite máximo de pessoas, cada passageiro tem o destino final  o seu hotel.

3 – Ônibus + Metrô: É a maneira mais econômica, existem duas opções:

  • Turbus – Funciona de 5 horas à 1 hora da manhã, todos os dias da semana. O ônibus sai do aeroporto e vai até o Terminal Alameda, principal rodoviária de Santiago, a linha de metrô mais próxima é a Universidad de Santiago. Os ônibus saem de 10 em 10 minutos.  Site:  www.turbus.cl
  • Centropuerto – Funciona das 05h55min até às 23h30min todos os dias, os ônibus saem de 10 em 10 minutos. Este ônibus sai do aeroporto e vai até a estação Los Heroes, no centro de Santiago.  Site:  www.centropuerto.cl

Como se locomover em Santiago do Chile?

Dicas de como utilizar o Metrô em Santiago: Caso queira se deslocar na cidade com mais tranquilidade e pagando pouco utilize o metrô. Sempre que necessário desloquei-me na cidade utilizando o metrô, o que facilitou muito, porque os principais pontos de interesse a serem visitados na cidade estão próximos às estações. Com um mapa nas mãos ou o aplicativo do Google Maps no celular fica fácil percorrer a cidade toda, inclusive conhecer vinícolas usando o metrô. As estações funcionam de 6 horas às 23h30min (bilheteria fecha às 23h). Para utilizar o  metrô é necessário adquirir o cartão “Tarjeta BIP” , ele é recarregável mas não é reembolsável. A “Tarjeta BIP”  serve tanto para o metrô quanto para os ônibus em Santiago. Site: www.metrosantiago.cl

mapa_metro_santiago_chile

Táxi & Uber em Santiago: Os táxis em Santiago possuem má fama, seja pelos taxímetros adulterados, trajeto mais longo desnecessariamente, golpe com troco e informações erradas.  Já o Uber não funciona como aqui no Brasil, ainda não regular, mas utilizei o serviço  Uber e não tive problema algum!

Qual é a melhor região para se hospedar em Santiago?

 Existem duas regiões em Santiago perfeitas para se hospedar: A tradicional (comuna) Providência. Região bem arborizada, ótimos restaurantes e com comércio de todo tipo, além de ser bem próxima ao centro e á pontos turísticos. A região (comuna) de Las Condes, é moderna com prédios e hotéis ótimos (Região nova e moderna, mas os preços dos hotéis são acessíveis), sem atrações turísticas, mas bem interessante. É uma região muito segura com muitas praças e parques. Na Avenida Isidora Goyenechea tem ótimas opções de restaurantes, supermercados cafeterias e casas de câmbio. Possui um Shopping muito bom – Costanera Center que fica ao lado da Gran Torre Constanera. O maior prédio da América Latina.

Dicas de hotéis em Santiago:

– NH Collection Plaza Santiago : Próximo a estação de metro Tobalaba – Linha 1

– Doubletree By Hilton Santiago Vitacura: Próximo a estação de metro Tobalaba – Linha 1

img_0212

O que IVA – Taxa de 19% cobrada por hotéis?

O IVA é um imposto de 19% cobrado sobre o valor das diárias de hotel! Este imposto assemelha-se a nossa taxa ISS. Este imposto é apenas para cidadãos chilenos, para que recebamos a isenção de 19% é necessário apresentar no check-in o documento PID já preenchido juntamente com passaporte ou carteira de identidade. É necessário também pagar ao hotel com dólar ou cartão internacional. Para os viajantes que permanecerão no Chile por mais de 90 dias essa regra não se aplica. Atenção! Não são todos os hotéis que aceitam essas condições, o ideal é você procurar saber se o seu hotel pratica tal política.

Padrão de tomadas e voltagem no Chile:

As tomadas do Chile são de três pinos mas o modelo brasileiro encaixa perfeitamente. Importante lembrar que a energia é 220 volts, só compensa levar aparelhos bivolts.

_DSC3450

Como é o clima em Santiago?

O clima de Santiago é seco quase o ano todo! É muito importante ir prevenido e levar os remédios necessários para combater alergias ou doenças respiratórias porque o clima é de baixa umidade. A cidade é muito poluída! Devido à cordilheira dos Andes o ar não dispersa.

Qual marca de água mineral comprar em Santiago?

A água no Chile é uma questão a ser considerada! Quando for comprar água dê preferência à marca Nestlé ou Benedictino, essas duas não são as marcas mais em conta, mas são as que nós brasileiros nos sentimos mais adaptados. A água no Chile possui muitos sais minerais e por isso possui gosto ruim!

Quantos vinhos posso trazer do Chile?

De acordo com a Policia Federal é permitido entrar no Brasil sem pagar taxas alfandegárias trazendo no máximo 12 litros de bebidas alcoólicas, ou seja 16 garrafas de vinhos de até 750 ml! Destas 16 garrafas só poderão ser levado em bagagem de mão 6 garrafas as demais devem ser despachadas. Lembrando que o limite de bens trazidos não pode ultrapassar 500 dólares.

Onde fazer comprar em Santiago?

Shopping em Santiago:

– Costanera Center: Próximo a estação Tobalaba  – Linha 6

– Parque Arauco: Próximo à estação de Metrô Manquehue – Linha 1, mais 1,6 Km a pé. Maior Shopping Center da América do Sul

img_1073

– Alto Las Condes: Próximo à estação de Metrô Los Dominicos – Linha1 , mais 2 Km a pé.

– Casa Costanera: Próximo a estação de Metrô Tobalaba –  Linha 1, mais 2,6 Km a pé.

– Mall Sport

O que são feriados irrenunciáveis no Chile?

Feriados irrenunciáveis são feriados de maior importância para o Chile. Nestes dias específicos o comércio fecha! Você não encontrará supermercados, farmácias, Shopping centers abertos e muito menos lojas nos aeroportos. Sugiro evitar feriados, principalmente os irrenunciáveis para que você não perca tempo na viagem. Segue a lista de feriados no Chile:

1 de janeiro: Año nuevo – FERIADO IRRENUNCIÁVEL  

30 de março: Viernes Santo

31 de março: Sábado Santo

1 de maio: Día de los Trabajadores  – FERIADO IRRENUNCIÁVEL  

21 de maio: Glorias Navales

2 de julho: San Pedro y San Pablo

16 de julho: Virgen del Carmen

15 de agosto: Asunción de la Virgen

17 de setembro: Fiestas Patrias

18 de setembro: Independencia Nacional – FERIADO IRRENUNCIÁVEL  

19 de setembro: Glorias del Ejército – FERIADO IRRENUNCIÁVEL  

15 de outubro: Encuentro de dos mundos

1 de novembro: Día de todos los Santos

2 de novembro: Día de las Iglesias Evangélicas y Protestantes

8 de dezembro: Inmaculada Concepción

25 de dezembro: Navidad – FERIADO IRRENUNCIÁVEL  

 

O que conhecer em Santigo? Pontos Turísticos em Santiago do Chile

Santiago é uma cidade incrível! Com muitos locais legais, podemos fazer roteiros e conhecer através de agências de turismo ou até mesmo a pé ou de metrô. Santiago possui um metrô prático! Apoio totalmente conhecer a cidade utilizando transporte público. Listei abaixo locais imperdíveis para serem conhecidos na cidade. Todos estão listados por proximidades. Claro que você não conseguirá conhecer cada cantinho em apenas um dia! Sugiro de dois a três dias para desfrutar com calma do local, lembre-se para otimizar o dia escolha restaurantes ou lanches próximos do local onde você estiver, isso ajudará na compreensão do local e evitará que você se aborreça . Em cada local coloquei a estação de metrô próxima para facilitar a identificação do viajante neste link:  DICAS IMPORTANTES DE SANTIAGO  explico um pouco mais sobre o metrô, inclusive com o mapa do mesmo.

Palácio La Moneda  (Estação Universidad de Chile – Linha 1): Inaugurado em 1805 já foi uma casa de fundição de moedas chilenas hoje abriga o governo chileno. O palácio possui visita guiada gratuita nas seguintes condições:

– É necessário preencher o formulário neste link aqui: visitasguiadas.presidencia.cl

– É necessário apresentar seus respectivos (Carteira de identidade e/ou Passaporte, etc.) para a Guarda do Palácio.

– As visitas são feitas de segunda a sexta nos seguintes horários: 09h30min, 11h00min, 15h00min e 16h30min e possuem duração de 1 hora.

– Chegar 10 minutos de antecedência.

– A visita contempla: Quartos no primeiro andar, visita aos pátios: Los Naranjos, Los Cañones e El Canelo.

–  O acesso é pela entrada do portão O’Higgins (acesso à rua Alameda).

– Não é permitido entrar com mochilas, malas, malas, carteiras, cadernos e outros.

– As fotografias são autorizadas, sem flash dentro dos quartos.

Em frente ao Palácio La Moneda faz a cerimônia da Troca de guarda dos Carabineros de Chile.  Acontece a cada 40 minutos de segunda a sexta-feira as 10 da manhã e nos fins de semana e feriados 11 da manhã.  Aproveite para chegar 15 minutos antes para conseguir um bom local. Essa cerimônia acontece desde 1851, quando foi criada.

Paseo Ahumada  (Estação Universidad de Chile – Linha 1): Nesta rua fechada para carros encontram-se muitas lojas de departamentos. Próximo dela está a Rua Agustinas que possuem muitas casas de câmbio. O preço que estas casas de câmbio praticam são realmente bons!

IMG_0221
Paseo Ahumada no centro histórico de Santiago

Plaza das Armas  (Estação Plaza de armas – linha 5 ou La Moneda– Linha 1):Em 1541 o conquistador espanhol Pedro de Valdívia fundou a cidade de Santiago nesta praça que é considerada o marco zero da cidade. Principal praça da cidade já se chamou Plaza Mayor, a praça possui diversas esculturas, a Catedral Metropolitana, o Edifício dos Correios, o museu histórico Nacional e o Museu de Arte Metropolitano. Na praça está à estação de Metro Plaza de Armas.

img_0235
Plaza das Armas – Chile
IMG_0279
Edifício dos Correios na Plaza das Armas em Santiago – Chile
img_0298
Prédio Amarelo – Museu histórico Nacional
IMG_0242
Catedral Metropolitana de Santiago

 

Mercado Central  (Estação Plaza de armas –  linha 5 ou Cal Y Canto – linha 2): O Mercado central de Santiago tem de tudo! Desde Peixes e frutos do mar até restaurantes tradicionais chilenos. O ambiente é bom, mas o preço praticado é para turistas. O grande prato servido por lá é a Centolla.

IMG_0338IMG_0337

– Parque Florestal (Estação Belas Artes – linha 5): Parque que começa próximo da estação de metro Baquedano, Parque grande muito bem cuidado, próximo está o Cerro San Cristóbal, o bairro Bellavista e o Rio Mapocho que possui água limpa. Abriga também o Museu de Belas Artes.

– Cerro Santa Lucia (Estação Santa Lucia – linha 1 ou Universidad Catolica – linha 1 ): Há 629 metros acima do nível do mar está o mirante do cerro Santa Lucia, local histórico e belíssimo apesar da subida cansativa.

– Bairro Lastarria (Estação Universidad Catolica – Linha 1): Bem próximo ao Cerro Santa Lucia está à rua principal do Bairro Lastarria, que é cheia de cafeterias, restaurantes e bares. Não deixe de visitar este bairro e provar os sorvetes do Emporio La Rosa e o restaurante Bocanariz.

– Bairro Bellavista e Pátio Bellavista (Estação Baquedano – linha 1):O bairro BellaVista é um dos bairros mais descolados de Santiago. Abriga uma das casas de Pablo Neruda, La Chascona que foi construída em 1953 .Cheio de bares e restaurantes possui um grande espaço chamado Pátio Bellavista com lojas e principalmente restaurantes. São mais de 20 estabelecimentos de todos os tipos de comida. Acesse o link: patiobellavista.cl  

– Parque Metropolitano de Santiago (Estação Pedro de Valdivia – Linha 1): O Parque Metropolitano de Santiago é o maior parque do Chile, nele está o Zoológico Nacional, Bosque Santiago, o Cerro San Cristóbal e o Teleférico. Para subir Cerro San Cristóbal onde está um mirante de cidade de Santiago e ao Zoológico Nacional é necessário utilizar o funicular. A subida demora de 8 a 10 minutos. Para mais informações sobre o funicular acesse: www.funicularsantiago.cl/.

img_0358img_0393

O Teleférico de Santiago ficou fechado por seis anos e reabriu todo remodelado no ano de 2017. Vale a pena a vista e fazer esse passeio dentro do parque. Para mais informações sobre o teleférico acesse: www.telefericosantiago.cl

Para mais informações sobre o parque acesse: www.parquemet.cl

– Parque Quinta Normal(Estação Quinta Normal – linha 5): Fundado em 1842 o parque que já foi centro de experiências do Chile possui lagoa com pedalinhos, árvores e muito verde! Dentro desse oásis encontramos seis museus que formam o complexo. São eles: Museu de História Nacional, Museu Ferroviário, Museu Artequin, Museu de Ciência e Tecnologia, Museu de Arte Contemporânea & Museu da Memória e dos Direitos Humanos. Nos fins de semana o local fica lotado, como é um local grande vá com roupas e calçados confortáveis. Para saber mais acesse o link: www.santiagocapital.cl

– Bairro Paris – Londres (Estação Santa Lucia – linha 1  ou Universidad Catolica – linha 1): O bairro Paris-Londres, chamado assim por conta dos nomes das ruas e a arquitetura que lembra a Europa. As ruas de paralelepípedos e as luminárias de cor amarela fazem uma perfeita combinação nas tardes de Santiago. É inacreditável, como a um quarteirão da Avenida Alameda, entrado pela rua da igreja San Francisco, parece que você está literalmente em outra cidade.

– Bairro Itália  (Estação Parque Bustamante – linha 5  ou Santa Isabel – linha 5  ou Ñuble – linha 6): O Bairro Itália surgiu no início do século XX nas entre as décadas de 10 a 40 quando em Santiago começou uma atividade forte industrial e possui esse nome devido ao teatro Itália.  Hoje o bairro é cheio de antiquários, lojas de artesanatos, galerias, cafeterias (uma das mais “famosinhas” é o Café de la Candelária e o La Tranquera).

– Sky Costanera ( Estação Tobalaba  – Linha 6): Prédio mais alto da América Latina possui uma vista incrível da cidade. Aberto todos os dias da semana funciona das 10h00min as 22h00min, sendo a ultima subida do elevador até às 21 horas.  O valor do ticket é: Crianças (4-12): $ 10.000 e Adulto: $ 15.000. É possível comprar o ticket no local e online no site oficial da atração: www.skycostanera.cl

mapa_metro_santiago_chile

 

Dicas de Viña del Mar & Valparaíso – Chile

Quem vai ao Chile não pode deixar de conhecer as águas do Oceano Pacífico.  Valparaíso e Viña Del mar são as cidades litorâneas mais visitadas por brasileiros no Chile. Com aproximadamente 116 km e 1h30min de Santiago possui ligação fácil a Viña Del Mar, destino que é considerado cidade jardim chilena. 9 km separa Viña Del Mar de Valparaíso, elas são ligadas por ótima estrada e por um metro de superfície de fácil acesso.

Existem várias maneiras de chegar à cidade de Valparaíso. A quem prefira passeios realizados por agências de turismo que muitas vezes podem ser combinados com visitas a vinícolas.

Por conta própria existem duas maneiras: a primeira e mais rápida é alugar carro. Para chegar não existe dificuldade porque a estrada é boa! A rota 68 liga a cidade de Santiago a Valparaíso e possui dois pedágios.

A segunda opção é chegar através de ônibus. Existem três empresas que fazem este trajeto www.turbus.clwww.Pullmanbus.cl www.condorbus.cl  que saem do Terminal Rodoviário Pajaritos. Neste terminal existe uma estação de metro também chamada de Pajaritos (linha 1 – vermelha). A viagem tem duração de 1h30min, a saída dos ônibus e de 15 em 15 minutos. É mais interessante comprar a passagem de ida e volta que possui um preço melhor do que só de um trecho, é possível com o mesmo bilhete voltar tanto de Valparaiso ou de Viña Del Mar.  A outra opção de ônibus é saindo do Terminal Alameda, que também possui estação de metrô com o nome de Alameda (Linha 1 vermelha). Saem também de 15 em 15 minutos.

DICAS DE VALPARAÍSO

_DSC9457

Valparaíso foi o coração comercial chileno na era industrial possuindo a Bolsa de Valores mais antiga da América Latina. Seu porto foi um dos mais importantes do século 19. Em 1914 quando o Canal do Panamá foi inaugurado Valparaíso perdeu seu prestigio entrando em decadência assim grandes empresas e famílias ricas se mudaram para outras cidades do Chile. A cidade perdeu grande parte do glamour daquela época, mas se transformou em uma cidade culturalmente ativa. Construída sobre 41 morros foi Declarada Patrimônio da Humanidade no ano de 2003 pela UNESCO.

IMG_0960-2

Apesar da arte e história que a cidade respira Valparaíso pode parecer um tanto pitoresca! Suja e desorganizada pode surpreender negativamente quem espera encontrar o mesmo nível de cidade que é Viña Del Mar. Vá preparado para andar e subir suas ladeiras com calçados confortáveis. A graça da cidade é “se perder em suas ruelas”, cheia de cores e grafites é visual ideal para boas fotografias!

O que fazer em Valparaíso (Todos os locais estão em ordem de proximidade):  

– Ascensor Artillería: Um dos ascensores melhores a ser visitado devido o visual panorâmico que possui para o Porto da cidade. Construído em 1893 possui dois vagões com capacidade para 25 pessoas cada, percorre a 175 metros de altura e chega a 50 metros de altura. Faz a ligação entre a Plaza Wellright, na estação baixa, e o Paseo 21 de Mayo, na estação alta. Visite o Museu Marítimo Nacional.

– Porto de Valparaiso: O  Porto de Valparaíso é considerado um dos mais importantes do Chile. Ali se concentram as principais atividades da cidade. Em dias de sol o Porto fica deslumbrante! Nele é possível ver barcos de guerra, barco de pescadores e cruzeiros que param ali para que viajantes conheçam a cidade.  No Porto da cidade possui uma das estações de metro da cidade chamada Puerto que fica ao lado de um Ibis, de várias opções baratinhas e populares de alimentação e do Shopping Mall del Puerto.

JQFA0077 (16)UAUR8942 (25)

 – Plaza Sotomayor: A Plaza Sotomayor está de frente ao Porto de Valparaíso, cercada por prédios históricos. Próximo à praça está cheio de bares e restaurantes.

 

IMG_0981
Prédio da Armada do Chile

No Centro da Praça SotoMayor:

_DSC9479
Monumento a Los Héroes de Iquique

– Ascensor Concepcion: É o ascensor mais antigo da cidade que do acesso ao Cerro Concepcion que possui o mesmo nome do ascensor. Liga a Rua Esmeralda ao Paseo Gervasoni que possui grafites e pinturas muito coloridas.

– Cerro Alegre: Um dos points de Valparaíso fica no alto de uma montanha, local cercado de cultura, ruas coloridas com arte, bares  e restaurantes.

– Casa do Poeta Pablo Neruda: A Casa La Sebastiana é uma das casas três casas que você pode visitar no Chile. As outras duas estão: No bairro Bellavista pertinho do Parque Metropolitano e a outra na Isla Negra. É possível ir sem guia porque a administração disponibiliza áudio-guia.

IMG_0970-2

DICAS DE VIÑA DEL MAR 

Viña Del Mar é uma cidade litorânea do Chile, fica a 122 km de Santiago e a 9 km de Valparaíso. Possui boas praias apesar do mar gelado! Para quem vai ao inverno e não vai conseguir desfrutar das praias, a cidade oferece ótimas opções.  O nome Viña Del Mar vem da Fazenda Siete Hermanas que possuíam vinhedos na propriedade.

IGFH6477_DSC9675IMG_2177

– Relógio de Flores: Famoso cartão postal da cidade Vina del Mar este relógio foi feito em 1962 quando aconteceu a Copa do Mundo no Chile.

_DSC9537

– Castelo Wullf: Construída em 1904 pelo alemão Gustavo Wulff na orla da praia Miramar. Em 1995 foi declarado Monumento Histórico Nacional. O castelo abriga exposições temporárias e o mirante possui vistas lindas para o mar. A entrada gratuita. O horário de funcionamento é de terça a domingo, das 10h às 13h30 e das 15h às 17h30.

IMG_1200

– Cassino de  Viña del Mar: O cassino de Viña del Mar não é daqueles de Las Vegas, mas possui estrutura suficiente para entreter a todos. Em funcionamento desde os anos 30 é o Cassino mais antigo do Chile e possui grandes restaurantes, bares e boates. Só é permitida  entrada maiores de 18 anos. Funcionam 24 horas todos os dias.

IMG_0953

– Parque Quinta Vergara: O Parque Quinta Vergara é uma das principais aéreas verdes de Viña Del Mar. Possui um Palácio em estilo veneziano que pertenceu ao fundador de Viña Del Mar chamado Palácio Vergara que abriga o Museu Nacional de Bellas Artes este e um Anfiteatro com capacidade para 16 mil pessoas. Horários de funcionamento: Terça a domingo, 10h às 13h30min e 15h às 17h30min.

IMG_0734IMG_0740-2

– Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck: Este museu é pequeno, mas muito interessante. Na frente dele possui o único Moai que foi retirado da ilha da Páscoa. Horário de funcionamento: segunda: 10h às 14h, 15h às 18h. Terça a sábado: 10h às 18h. Domingo: 10h às 14h.

IMG_0761

– Praia Reñaca: Praia famosa pela presença de Leões Marinhos fica a 5 km do centro de Viña Del Mar. Nesta região possui muitos bares, restaurantes, hotéis e boates. O que se destaca na beira da praia é a arquitetura dos prédios  que foram construídos na diagonal, formando degraus. Eu achei uma praia não muito limpa, os chilenos que ali estavam não curtiam o mar devido o frio que fazia. Mas tinham muitas pessoas com roupas de frio curtindo o fim de tarde.

_DSC9722_DSC9729

 

 

Vinícola – CONCHA Y TORO – Chile

img_0618Se conhecer uma vinícola no Chile está em seus planos não deixe de conhecer a Concha Y toro. Apesar de muitos classificarem como “turistona”, achei bem interessante e com um tour bem relevante. Um espaço enorme, muito florido e organizado.  Com um restaurante que não precisa ser feito tour para comer. Uma loja com todos os vinhos da vinícola, preços amigos dos que os praticados no Brasil.

img_0593

A maneira econômica e mais satisfatória de chegar a Concha Y Toro é pegar a linha 4 e descer na estação Las Mercedes, de lá você pegará um táxi, é bem perto, mas não o bastante para ir andando. Quando chegar, dispense o táxi porque o próprio pessoal da vinícola faz a gentileza de chamá-lo novamente. Existem dois tipos de experiência.

img_0660img_0670

O Tour tradicional, de segunda a domingo, das 10 horas às 17h10min. E possui guia em português nos horários: 10:20, 10:40, 11:20, 11:30, 12:20, 12:40, 13:40, 15:10, 15:30, 15:40, 16:20, 16:40, 17:00. Deve ser feira reserva 24 horas antes do horário marcado. Tem duração de 1 hora e  o custo de 16 mil pesos ou 27 dólares. Este tour inclui: Passeio pelos jardins, parque e visita externa da casa que foi residência da família Concha y Toro, visita ao vinhedo Pirque Viejo e jardim, degustação de vinho e visita às adegas.

img_0693

O Tour Marques de Casa Concha, de segunda a domingo, das 10:00h às 17:10. Não possui tour em português, os horários em espanhol são: 12:00, 14:00, 15:00, 15:50, 16:50. Tem duração de 1:30 min, com 6 degustações. Precisa ser reservado com 24 horas de antecedência. Ele faz o mesmo roteiro do tradicional, a ao final as pessoas são conduzidas para uma sala onde um sommelier explica a harmonização de queijos com todos os vinhos apresentados. O que permite conhecer melhor os aromas e sabores. Neste tour a bandeja e a taça são nossas. O valor desse Tour é: 25 mil pesos chilenos.

Site da vinícola: www.conchaytoro.com

img_0698

Dicas de Ouro Preto – Minas Gerais

A cidade que já foi capital do estado de Minas Gerais até 1897 e que se chamou Villa Rica até o ano de 1823 é um dos locais com arquitetura colonial mais bem preservados do Brasil. Tombada em 1980 pelo Patrimônio Nacional pela UNESCO, Patrimônio Estadual em 1933, Monumento Nacional em 1938 e recentemente eleita uma das sete maravilhas brasileiras recebe milhares turistas todos os dias. Ouro Preto é um museu a céu aberto, a cidade impressiona por igrejas barrocas esplendorosas e suas ladeiras em calçamento.

FOTO0223

Marcada pela triste escravidão no Brasil fez parte do circuito do Ouro, oficialmente foram enviadas 800 toneladas de ouro para Portugal no século 18, isso sem contabilizar quanto de ouro que circulou de forma ilegal e o que foi usado nas igrejas. Por isso faz parte da Estrada Real que era a rota oficial da Coroa Portuguesa no Brasil colônia, este trajeto possui 190 cidades em um percurso de 1.600 km até chegar ao Porto do Rio de Janeiro. A Estrada Real ajudou o desenvolvimento cultural, socioeconômico e político da época. Para saber mais sobre a estrada Real acesse este link: www.institutoestradareal.com.br

A cidade tem vários personagens importantes como Tiradentes “Mártir” da Inconfidência Mineira, Aleijadinho e Ataíde que fizeram obras grandiosas na cidade. Ouro Preto foi à cidade mais populosa da América Latina no século 18 chegando a 80 mil habitantes, passando a cidade de Nova York.

FOTO9753

Como chegar a Ouro Preto?

Ouro Preto está a 140 km do aeroporto de Confins e a 99 km de Belo Horizonte. Para chegar à cidade não tem erro! Para quem está de carro basta seguir a BR 040 e rodovia 356. De ônibus basta pegar a conexão no aeroporto (www.conexaoaeroporto.com.br) e ir até a rodoviária de BH. Saem da rodoviária todos os dias de hora em hora ônibus partir das 6 da manhã e última saída às 23 horas. A empresa Viação Pássaro Verde (Site: passaroverde.com.br) é a única empresa que faz este trajeto. O valor da passagem de ida e volta é 69,60 e podem ser compradas pelo site da empresa ou no guichê na rodoviária. O ônibus de ida tem seu destino final a rodoviária de Ouro Preto  e o trajeto dura 2 horas.GLA08045

Quando ir a Ouro Preto?

Ouro Preto é uma cidade linda em qualquer estação do ano. Na época do verão é possível sentir bastante calor entre as ladeiras da cidade. Mas no inverno a cidade fica muitas vezes com nevoa e pode fazer um friozinho bem gostoso. Entre abril a setembro chove menos, possibilitando uma viagem mais prazerosa. Se você não gosta de multidão evite o carnaval e dias religiosos. A maioria dos museus e igrejas funcionam a partir das terças feiras, uma boa opção na segunda feira é conhecer Lavras Novas (Link aqui: viagensdamarcelapena.com/lavrasNovas) e ou Parque das Andorinhas que possuem atividades ao ar livre e vistas perfeitas.

Como circular na cidade?

A cidade é composta por ladeiras e calçamento. Ruelas estreitas que muitas vezes não tem onde estacionar o carro. Sugiro ir à cidade de calçado confortável para que melhor seja aproveitado o dia. Se você alugou um carro ou está indo por conta própria estacione o carro em local estratégico para que você possa conhecer tudo a pé.

FOTO9642

Onde se hospedar no centro de Ouro Preto?

– Hotel Solar do Rosário Site: hotelsolardorosario.com

– Pousada Imperial Cidade Site: www.booking.com/pousada-imperial-cidade

Hospedagens em distritos de Ouro Preto:

– Pousada Chão de Minas – Fica em Cachoeira do Campo a 26 minutos – 22 km do centro de Ouro Preto. Site: www.chaodeminas.com.br

– Ville Real Hotel – Fica em Santo Antônio do leite a 40 minutos – 30 km do centro de Ouro Preto. Site: www.villereal.com.br

– Pousada Carumbé – Fica em Lavras Novas a 40 minutos – 19 km do Centro de Ouro Preto.  Site: www.carumbe.com.br/lavras-novas.

 

Onde comer em Ouro Preto?

Ouro preto possui boas opções de restaurantes e cafés. Dentre as variadas opções de almoço e jantar indico:

– Tropea Cantina e  Armazen

– Restaurante O passo Pizza Jazz

IMG_8266IMG_8267

– Restaurante Bené da Flauta.

FOTO1446IMG_4022IMG_4025

 Cafeteria e Doceria

– Cafeteria Chocolates de Ouro Preto

IMG_8201

– Largo do Rosário Confeitaria

– Opera Café

O que conhecer em Ouro Preto?

– Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da UFOP: Construído no final do século 20 possui um grande acervo de uma das mais antigas escolas de engenharias do Brasil. Nele é possível ver o desenvolvimento nacional nos setores de Mineralogia, História Natural, Mineração, Metalurgia, Química, Física, Astronomia, Topografia, Desenho e Biblioteca de Obras Raras. Horário de Funcionamento: Terça a Domingo, das 12 às 17 horas. Site: www.museu.em.ufop.br

– Museu da inconfidência: O Museu da inconfidência está localizado na Praça Tiradentes, começou a ser construído em 1785 e ficou pronto em 1846, já foi Antiga Casa de Câmara e Cadeia de Vila Rica. Desde 1944 abriga o Museu da Inconfidência e no seu acervo estão objetos e documentos da Inconfidência Mineira. É possível ver no museu coleção de arte sacra dos séculos 18 e 19, além de pinturas de Ataíde e esculturas de Aleijadinho.  O museu possui anexos, um na Rua Vereador Antônio Pereira, que fica ao lado do Museu onde são feitas exposições temporárias. A Sala Manuel da Costa Ataíde, um auditório e o laboratório de conservação e restauro; e a Casa do Pilar, que fica na Rua do Pilar e abriga o setor de pesquisa, o Arquivo Histórico e o setor de Musicologia do museu. Funcionamento: Terça a Domingo, das 10 às 18 horas. Valor de entrada: 10 reais Site: www.museudainconfidencia.gov.br

– Igreja Nossa Senhora do Carmo: A linda Igreja de portas azuis que possui fachada em Pedra Sabão e seu interior em estilo Rococó. Foi Projetada em 1751 por Manoel Francisco Lisboa, pai de Aleijadinho, que fazia parte da Ordem do Carmo.  O inicio da construção data de 1766 porem anos mais tarde Aleijadinho fez algumas modificações.  O douramento dos altares laterais, os dois púlpitos e o douramento frontão foram feitos por Manoel da Costa Ataíde. Já os altares laterais de São João e Nossa Senhora dos Prazeres foram feitos por Aleijadinhos. Na igreja é possível ver dez painéis de azulejos portugueses em faiança. Ao lado, na casa do Noviciado viveu o Aleijadinho nos seus últimos anos de vida, hoje funciona o Museu do Oratório. Horário de Funcionamento: Terça a domingo, das 8h30 as 11 e das 13h as 17h. Missas aos domingos às 8h30

– Teatro Municipal & Casa de Opera: Em frente à escadaria da Igreja Nossa Senhora do Carmo o Teatro Municipal de Ouro Preto ou Casa de Opera de Ouro Preto é o teatro mais antigo em funcionamento da América Latina, inaugurado em seis de junho de 1770.  Sua fachada é simples a se comparar a tantas fachadas glamorosas na cidade, mas que guarda uma beleza indiscutível por dentro. Possui 300 lugares que se dividem pela plateia, frisas, galerias e camarotes.  Horário de funcionamento: Segunda as Sextas-feiras das 12h00min às 17h30min. Valor de entrada: 4 reais.

– Igreja São Francisco de Assis: Essa igreja é uma das mais conhecidas e mais visitadas em Ouro Preto. Construída em Estilo Barroco também possui elementos decorativos em Rococó. Elaborada por Aleijadinho que realizou diversos elementos, possui painéis e o douramento do altar mor pelas mãos do Mestre Ataíde, que foi o maior nome da pintura colonial brasileira. A Igreja é tombada pelo Instituto Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), classificada em 2009 como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo e faz parte do patrimônio da Humanidade. Horário de funcionamento: Terça a Domingo, de 08h30 as 12h e de 13h30 a 17h. Missas aos domingos, às 19h. Valor de entrada: 5 reais

– Feira de Artesanato de Pedra Sabão – Largo do Coimbra: Em frente à Igreja São Francisco de Assis está a feira mais famosa de Ouro Preto que funciona nos moldes que conhecemos desde 1995. Porem a história nos mostra que desde 1824 já existia no mesmo local uma movimentação comercial. Famosa por seus objetos em Pedra Sabão é um ótimo local para comprar souvenir e aprender um pouco da cultura local. Seu horário de funcionamento é das 9h às 19 horas todos os dias.

– Casa dos Contos Museu e Casa de estudos: Ao lado de um dos melhores restaurantes de Ouro Preto (O Passo Pizza Jazz). O casarão foi construído entre 1782 a 1787 para servir de moradia para João Rodrigues de Macedo, cobrador dos impostos da Capitania de Minas Gerais. De 1820 a 1821 foi ampliado para servir de Casa de Fundição. Serviu de prisão de prisão para inconfidentes, dentre eles Álvares Maciel, Luiz Vieira da Silva, Padre Rolim e Cláudio Manuel da Costa. Foi sede da Administração Pública da Capitania de Minas Gerais, por isso seu nome Casa dos Contos. Hoje abriga o Centro de Estudos do Ciclo do Ouro, o Museu da Moeda e do Fisco, possui salas de exposições, além do acesso central ao Parque Horto dos Contos. Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 16h45, domingo e feriados: 10h às 14h45.

– Basílica Matriz de Nossa Senhora do Pilar: Inaugurada 1733 foi construída durante o ciclo do Ouro, é considerada uma das igrejas mais imponentes de Minas Gerias devido ao seu interior ser todo folheado a ouro. Abriga o Museu de Arte Sacra de Ouro Preto que possui diversas peças relacionadas a celebração do santíssimo sacramento. Em 1930 foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Horário de Funcionamento: Terça a domingo, das 09h às 10h45 e das 12h às 16h45. Missas – Segunda a sexta-feira, às 7h00; sábados, às 19h30, e domingos, às 19h. Valor da entrada: 8 reais.

– Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos: Também conhecida como Igreja Nossa Senhora do Rosário é um dos mais originais edifícios sacros do tempo do Brasil Colônia. Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), foi construída em 1765 substituindo a capela que data de 1709. Possui 6 altares laterais, dois púlpitos sendo a expressão máxima do barroco colonial mineiro. Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 13h às 16h45. Missa aos domingos às 16h. Entrada gratuita.

O que mais conhecer Ouro Preto fora o Centro Histórico?

Ouro Preto é uma das cidades mais bem preservadas do Período do ciclo do Ouro do Brasil.  Rodeada por matas verdes e vistas maravilhosas possibilita atividades fora do Centro Histórico.

– Parque das Andorinhas: Um dos locais que possui paisagens privilegiadas da Mata Atlântica e do Cerrado, o Parque Natural Municipal das Andorinhas (PNMA) foi criado em dezembro de 1968 com intuito de preservar a natureza e as nascentes mais altas do Rio das Velhas, um afluente importante do Rio São Francisco, e manter o equilíbrio da fauna e flora local. Dentro do parque é possível fazer trilhas muito fáceis e muito difíceis, nadar em cachoeiras e piscinas naturais, observar desde mirantes incríveis. A estrutura possui quadras de esportes, local para pratica de escalada esportiva, além de oferecer churrasqueiras organizadas e abertas ao publico para curtir com a família e amigos. No site parquedasandorinhas.ouropreto.mg.gov.br possui tudo muito explicado e organizado.

– Lavras Novas: Lavras Novas é um distrito de Ouro Preto, fica a 19 km de Ouro preto. Famosa por ser um local de descanso, possui muitas opções de pousadas e atividades como, por exemplo, trilhas feitas por quadrículos e passeios a cavalo. Nesse link mais de Lavras Novas: viagensdamarcelapena.com/dicas-lavras-novas-minas-gerais/

– Maria Fumaça Trajeto Ouro Preto – Mariana: Este trajeto possui 18 km de extensão  e foi construído em 1883. Este trajeto, carros e locomotivas foram restaurados de 2004 a 2006 preservando as características originais. Os bilhetes podem ser comprados pelo site: www.vale.com/trem-turistico-ouro-preto-mariana O Horário de Funcionamento da estação: A Estação fica aberta a visitação de Quarta- feira a domingo e feriados nacionais, das 8h30 às 17h.

– Mina da passagem em Mariana: A mina da Passagem pertence à Mariana, mas está bem próxima a Ouro Preto seja pelo trajeto da Maria Fumaça ou de carro. A Mina é uma das maiores Minas desativadas do Mundo aberta a visitação. O Percurso trem 315 metros de extensão e chega a 120 metros de profundidade. Desde a sua fundação, no início do século 18, foram retiradas aproximadamente 35 toneladas de ouro. Horário de funcionamento: Todos os dias de 9 horas as 17 horas. Duração do passeio: 45 minutos. Valor da entrada: 88 reais. Site: mariana.minasdapassagem.com.br