Como organizar uma viagem por conta própria

Como organizar uma viagem?

Organizar uma viagem por conta própria soa um tanto desafiador, mas pode ser bem interessante e prazeroso. Minha primeira grande viagem foi por agência de turismo e apesar do trabalho impecável que a agente de viagem desempenhou, senti que a mesma ficou impessoal. No ano seguinte decidi que organizaria a própria viagem e se desse certo o faria sempre. Hoje com toda a experiência que vivo ao organizar minhas viagens vejo pequenos erros bobos cometidos que já não fazem parte do meu roteiro.

Abaixo estão dicas de como organizar uma viagem e montar um roteiro para qualquer tipo de destino:

 1 – Data e dias disponíveis para viagem:

Pense em quando você vai tirar suas férias, o mês e a semana e quantos dias você poderá viajar. Lembre-se: Existem destinos que precisam de mais tempo a ser explorados.

2 – Onde?

 

05 (38)
Tossa de Mar – Espanha
01 (74)-2
Lavras Novas – Minas Gerais

Essa é uma pergunta curiosa! É neste quesito que vai fazer a sua viagem valer a pena. O primeiro passo para escolher seu destino é respeitar suas preferências! Montanha, Neve, Frio, Praia, Calor… Existem locais que se modificam conforme cada estação e época do ano, na Europa, por exemplo, onde existem as estações do ano definidas, você pode pegar dias de muito sol! Absurdos 40 graus no verão ou dias de tempestades de neve no inverno. No litoral brasileiro épocas chuvosas ou de seca. Faça uma lista de pelo menos cinco locais diferentes que gostaria de conhecer. Neste momento começa a saga da meteorologia, hahaha! Desde que comecei consulto sempre neste site: www.accuweather.com nele você poderá ver a previsão do tempo – passado, presente e futuro. Sempre obtive sucesso!

3 – Quer pagar quanto?

Depois de escolher a data da viagem e os possíveis locais é hora de pensar em quanto quer investir na viagem. Não gosto de responder perguntas do tipo: Quanto você gastou em determinado destino? Porque as pessoas são diferentes e gastam de formas diferentes.  Tenho aprendido que precisamos respeitar o próprio estilo de descanso ou curtição.

* Passagens aéreas

01 (516)-2

Se a viagem for dentro do Brasil ou viagem internacional pesquiso de forma geral no site da www.decolar.com  e  voopter.com.br , eles me dão ideia de preços. Quando a viagem é para fora do Brasil pesquiso qual Cia Aérea opera naquela região, acredito que ajuda no custo final.  Sempre fico em alerta ao blog www.melhoresdestinos.com.br ele dispara várias vezes ao dia promoções de passagens aéreas.

*Hospedagem

FOTO7624-2

A pergunta que não quer calar: Qual estilo de hospedagem faz você se sentir bem?

Existem pessoas que se sentem confortáveis em Hostels, outros que preferem ficar em hotéis comuns de rede, resorts com uma baita estrutura ou até mesmo aqueles que vão alugar imóveis de temporadas no www.airbnb.com.br .

O primeiro passo é pesquisar qual a região melhor vai ficar hospedado! Neste momento comece a pesquisar tudo o que puder sobre o destino, este é fator importante para que a viagem tenha sucesso.

Você precisa conhecer o destino e por isso o Google Maps será seu amigo fiel! Eu coloco todos os hotéis no Google Maps e pesquiso todas as regiões lendo relatos de blogs na internet. Uma vez fiquei hospedada num bom hotel, porém a localização me fazia sentir muita turista e pouco segura. Da segunda vez que estive na mesma cidade, me atentei a estes quesitos abaixo e me dei bem!

O que faz diferença para mim quando escolho a hospedagem:

1 – Estilo do Bairro

2 – Transporte público e/ ou pontos de táxis.

3 – Restaurantes, padarias, cafeterias e supermercados.

4 – Farmácias

5 – Caso seja em outro país, Casas de Câmbio.

Para pesquisar hotéis utilizo os sites: www.tripadvisor.com.br ele possui fotos cedidas pela gerência do hotel/Pousada ou feitas por viajantes, o que é bom! (Porque vemos a luz, dimensão e até mesmo a conservação do quarto), suas impressões sobre os mesmos, além do site apresentar o valor da hospedagem na data que desejar. O www.booking.com é um site de reservas de hotéis, nele também conseguimos ver a opinião de pessoas que já se hospedaram, o interessante deste site é: quanto mais você fizer reservas através dele mais descontos Genius (descontos que começam com 10% no valor final da hospedagem) você ganha. Para não houver dúvidas escolho três possíveis opções.

Bom! Agora você já tem ideia para onde viajar e o custo médio da sua viagem. Chegamos então na segunda etapa!

* Pesquisar o que fazer na cidade:

IMG_9186-201 (3)-2

Pode parecer que isso não faz diferença, mas vai ajudar no seu orçamento final e a forma como vai dispor dos dias. Eu leio muito em blogs de viagens e tento filtrar de tudo! Eu leio daqueles que fazem viagens “Baratex” ou até daqueles que ficam em www.relaischateaux.com . Faço uma lista com tudo que a cidade me atrai e depois utilizo o “Amigo Google Maps” para traçar uma rota, sempre marco como imperdíveis alguns pontos que de forma alguma poderia deixar de ir. Sempre pesquise a história do local e o porque que é preciso visitar, como você não terá um guia da agência você mesmo o fará. O sucesso do seu roteiro é respeitar seu limite físico e lembrar que não está em uma competição de locais conhecidos por dia ou viagens.  Não quer dizer que com 30 dias você vai conhecer tudo ou que com cinco dias você não vai conhecer nada! Coloque em sua planilha o valor das entradas em museus, parques e outros.

* Onde comer?

nome-264

Saco vazio não para em pé! Começa novamente a saga no site www.tripadvisor.com.br/Restaurants, nele é possível optar por pesquisar por região, por preço ou até pela refeição que quer fazer. Faço uma lista de todos que mais gostei e visito o site do estabelecimento e o sigo em suas redes sociais. Quando faço a lista coloco de tudo e sempre destaco a melhor hora, preço e serviço. Por exemplo: Alguns restaurantes muito legais têm o preço menor na hora do almoço, o famoso “Menu do Dia”, lembrando que escolho onde comer conforme meu roteiro, caso esteja na “Localização A” na hora do almoço darei preferência em almoçar e fazer as refeições próximas durante o dia, quando faço passeios longos ou cansativos tenho como regra ir a locais de comida mais simples e de estabelecimentos mais rápidos. Destaco alguns locais que são imperdíveis e alguns dos pratos típicos que preciso provar.  Sempre que viajo vou ao supermercado, acredito que ele fale muito sobre as pessoas que ali vivem, além de possibilitar a compra de água ou de pequenos lanches durante a viagem.

*  Transportes:

No destino você vai precisar se deslocar então sempre pesquise preços dos transportes. Se a viagem for de avião você precisa saber como chegar ao hotel. Por isso pesquiso sempre o preço de Tranfer, ônibus, táxis e de outro meio que tiver no destino. Comparo preços e escolho o melhor Custo Benefício.

Se vai alugar carro faça a reserva com antecedência, eu procuro utilizar a www.localizahertz.com  e fora do país a www.europcar.com .

01 (667)

Em muitos países o trem facilita a locomoção, caso esteja indo a Europa consulte os preços pela www.raileurope.com.br que possui site em português. Recomendo!

Durante os dias que estiver no destino evite andar de Táxi ou Uber, vá a pé! Caso sejam longas distancias verifique o sistema público, metrô ou ônibus e se programe para utilizá-lo.

0 (13)-2

Depois de muito pesquisar e ler agora você já deve ter a viagem organizada, porém sem alguns dos principais itens.

4 – Documentos:

*Para viagens internacionais é necessário o passaporte com validade mínima de três meses e se o destino for para alguns dos países da América do Sul é valida a Carteira de Identidade com menos de 10 anos estando bem conservada.

* Atestado que foi Vacinado contra a Febre Amarela ou qualquer vacina que for necessária para o destino escolhido

* Carteira de Motorista atualizada caso vá alugar carro

5 – Seguro Viagem

Pode soar ridículo, mas sim! É muito importante ter o seguro viagem em qualquer destino. Ele cobre despesas jamais cogitadas quando pensamos em férias. Para entrar na Europa é exigido seguro e sem ele o viajante não entra.

Alguns dos benefícios de ter um seguro viagem.

– Atendimento médico e odontológico 24h;

– Seguro no caso de interrupção ou cancelamento da viagem, em caso de emergência médica;

– Visita ao segurado hospitalizado;

– Acompanhante em caso de hospitalização prolongada;

– Despesas farmacêuticas;

– Hospedagem após alta hospitalar;

– Remarcação de passagem para regresso;

– Repatriação médica e funerária, que garante o retorno do viajante ao Brasil tanto em caso de doença e acidente quanto em caso de falecimento;

– Assistência funeral;

– Indenização no caso de morte;

– Indenização no caso de invalidez permanente ou total;

– Localização de bagagem extraviada;

– Indenização no caso de extravio de bagagem;

– Despesas jurídicas;

– Pagamento antecipado de fiança.

6 – Internet

02 (46)-2

Caso a viagem for a um destino internacional leia o post: INTERNET: EASYSIM 4U CHIP INTERNACIONAL – PRÉ-PAGO

7 – Money! Dinheiro!

Depois de todos os passos feitos, você já tem ideia do quanto vai gastar em sua viagem. Como estamos trabalhando com estimativas leve um pouco a mais, porque você vai querer levar alguma lembrança para você e seus amigos ou vai querer fazer compras. Levar Euro ou Dolar é sempre uma boa opção para destinos nas Américas. Acompanhe pelo site www.melhorcambio.com o quanto à moeda está valendo!

Espero que lendo este Post eu tenha conseguido ajudar a você a organizar uma viagem e montar um roteiro para seu próximo destino.

Abraços

Marcela Pena Magalhães

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s